Connect with us

Atualidade

Race Ready “entrega” Group 1 Portugal a Francisco Pinto Abreu

Publicado

on

A Race Ready chegou a acordo com Francisco Pinto Abreu para a concessão, a partir da próxima temporada, do Group 1 Portugal por um período de dez anos.

Criada em 2012, esta série para clássicos com especificações Grupo 1 pré-1981 nasceu da necessidade que as equipas tinham em participar numa competição dentro do espírito “Club Racing” e onde os custos de participação fossem controlados. Uma década depois, o Group 1 Portugal, no qual se inclui o Troféu Mini Portugal, já se afirmou no panorama das corridas de clássicos em Portugal, tendo atingido um recorde de inscritos (43) na última prova da temporada de 2022, os 250 km do Estoril.

Sem uma classificação à geral, as corridas do Group 1 Portugal são caracterizadas pelas diversas e aguerridas lutas entre diferentes carros das mesmas classes. A concessão agora acordada para a próxima década dita também que estas animadas corridas continuarão a ser disputadas nos fins de semana de provas organizadas pela Race Ready.

Esta transferência de gestão deve-se à vontade da Race Ready em concentrar as suas energias e recursos no crescimento e sustentabilidade do Campeonato de Portugal de Velocidade / Iberian Supercars e da nova Carrera los 80s e nos eventos a cargo da organização ibérica com sede em Lisboa.

A convite de Diogo Ferrão, CEO da Race Ready, Francisco Pinto Abreu tem vindo a desempenhar o papel de coordenador do Group 1 Portugal desde 2017. Tanto a equipa que o acompanhará no comando da competição a partir de 2023, como o calendário da próxima época, serão apresentados no mês de janeiro, durante a cerimónia de entrega de prémios da temporada que agora findou.

Para Diogo Ferrão, “foi um privilégio ver crescer o Grupo 1 Portugal nos últimos sete anos. Um trabalho difícil, onde tivemos de tomar decisões muito complicadas, e onde também nós nos desenvolvemos como organização. Com o Francisco Pinto Abreu, o Group 1 Portugal fica muito bem entregue, com alguém que partilha nos nossos valores, como se fosse da ‘família’, assim continuando a fazer parte dos fins de semana de corridas da Race Ready. Com 43 inscritos na última prova, a competição está melhor do que nunca, mas não queremos correr o mesmo risco da Single Seater Series, em que a falta de enfoque acabou por ter reflexos nas grelhas de partida a prazo. No que respeita às competições sob a chancela da Race Ready, o nosso foco em 2023 será nas novas competições, sendo que são esperadas novidades nas próximas semanas.”

Francisco Pinto Abreu acrescenta que “após estes seis anos a gerir o Group 1 Portugal e com o crescente número de séries da Race Ready, achei que estava na altura de tomar o comando desta grelha. Tenho uma grande responsabilidade em mãos e quero que o espírito ‘Club Racing’ se mantenha e seja cada vez mais um momento em que os nossos pilotos venham passar um fim de semana de pura adrenalina, convívio e fair play! Sempre dei grande importância aos bons momentos passados nos fins de semana de corridas dentro e fora de pista pois, o ambiente deste grupo, que é considerado por mim uma família, tem de se manter assim e tem tudo para melhorar. Pelo facto dos nossos pilotos e equipas participarem também em provas do Historic Endurance e Carrera los 80s, achamos por bem correr nos fins de semana em conjunto com estas grelhas sempre que possível. Estamos a criar uma equipa nova que será apresentada em janeiro no nosso jantar de entrega de prémios de 2022 e apresentação do calendário 2023.”

Foto: RR.

Atualidade

Anadia: Plenário da Rede Social dá parecer favorável à ampliação das respostas de creche em Aguim e Mogofores

Publicado

on

O Plenário do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Anadia reuniu os parceiros em sessão, esta quinta-feira, 02 de fevereiro, tendo dado parecer favorável aos projetos apresentados pelos Centros Sociais Nossa Senhora do Ó de Aguim e Maria Auxiliadora de Mogofores para o alargamento da resposta social de Creche, no âmbito das candidaturas apresentadas ao Plano de Recuperação e Resiliência.

O Centro Social Nossa Senhora do Ó de Aguim pretende alargar a resposta social em mais 10 lugares, enquanto que o Centro Social Maria Auxiliadora de Mogofores pretende ampliar a resposta de 35 para 41 lugares. O alargamento das valências vai implicar a reorganização dos espaços, por forma a satisfazer as necessidades e as solicitações.

No espaço de divulgação do CLAS, a Junta de Freguesia da Moita deu a conhecer aos parceiros a atividade “Freguesia Ativa”. A iniciativa que teve o seu início, no lugar de Ferreiros, promovida pela AVF – Associação de Voluntários de Ferreiros, vai ser agora alargada aos restantes lugares da Freguesia. Tem como intuito promover o bem-estar físico e mental da população sénior.

O Núcleo de Aveiro da Rede Europeia Anti-Pobreza deu a conhecer o projeto “Semana da Interculturalidade” que vai decorrer no mês de abril e tem como objetivo estimular o diálogo e a relação entre culturas.

A Delegação de Anadia da APPACDM aproveitou o Plenário para divulgar os cursos de formação profissional de Cozinheiro e Carpinteiro que vai promover a partir do mês de março.

O Município de Anadia destacou ainda a 2ª edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio – Jovens Empreendedores, cujo período para apresentação de candidaturas está a decorrer. A iniciativa é dirigida a jovens empreendedores, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, residentes no concelho de Anadia.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

Madeira: PSP regista 56 acidentes de viação entre 27 de janeiro e 02 de fevereiro

Dos acidentes resultaram 1 ferido grave e 6 ligeiros

Publicado

on

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira, relativamente à sinistralidade rodoviária verificada no período compreendido entre o dia 27 de janeiro e p dia 02 de fevereiro, registou um total de 56 acidentes de viação na Região Autónoma da Madeira, distribuídos pelos seguintes Concelhos: Funchal (22), Câmara de Lobos (5), Ribeira Brava (4), Calheta (3), Porto Moniz (1), São Vicente (3) Santana (3), Machico (3) e Santa Cruz (12).

Este número de sinistros resultou num total de 1 ferido grave (no Funchal) e, 6 feridos ligeiros (2 no Funchal, 1 em Câmara de Lobos, 1 em Santa Cruz e 2 em Machico).

As tipologias dos referidos acidentes de viação foram as seguintes: Colisão (33), despiste (20), atropelamentos (1), Outros (2).

Durante o referido hiato temporal, desenvolvemos uma série de operações de fiscalização rodoviária, que resultaram na materialização de 15 detenções por condução sob o efeito do álcool (7 no Funchal, 5 em Câmara de Lobos, 1 na Ribeira Brava, 1 em Machico e 1 em Santa Cruz), 7 detenções por condução sem habilitação legal (1 no Funchal e 2 em Câmara de Lobos, 2 em Machico e 2 em Santa Cruz) e 3 detenções por desobediência (1 no Funchal, por condução de veículo apreendido, e

1 por álcool e carta apreendida, 1 em Câmara de Lobos por recusa em efetuar o teste de alcoolemia, 1 na Ribeira Brava por condução antes das 12 horas, após submissão ao teste do álcool.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Viseu: Homem detido por condução sem carta

Publicado

on

No âmbito da prevenção rodoviária, através do patrulhamento auto e apeado, o Comando Distrital de Viseu da Polícia de Segurança Pública, através dos Polícias da Esquadra Sede, no dia 02 de fevereiro, pelas 17h45, na Rua dos Loureiros, deteve um cidadão de 29 anos de idade, por condução de motociclo sem habilitação legal para o efeito.

O detido foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas