Connect with us

Atualidade

EUPAGO contrata 50 pessoas até 2024

Publicado

on

Para fazer face a novos projetos e sustentar a internacionalização pois a fintech deverá fechar 2022 com 20 mil contas ativas em Portugal e um volume de pagamentos de €6b na Península Ibérica

A Eupago, líder em Portugal na área dos pagamentos digitais, vai duplicar para 100 o número de colaboradores até 2024 com o objetivo de sustentar o seu plano de expansão, com novos projetos no mercado nacional (Porto e Lisboa), mas também, internacional (Madrid).

A fintech pretende investir em pessoas formadas e capazes de dar a melhor resposta às necessidades da empresa e com isso quer reforçar as áreas de Desenvolvimento, Suporte Técnico/Cliente, Marketing, Compliance e Comercial.

“Já abrimos 12 das 50 vagas que pretendemos até 2024, pois o nosso objetivo é mantermo-nos na vanguarda tecnológica, com personalização de serviços e procura de novas soluções para uma melhor eficiência das operações”, avança Telmo Santos, CEO da empresa.

Recorde-se que a empresa quer aumentar o número de contas ativas em Portugal, com a meta de ascender às 20 mil até final deste ano e registar €6 mil milhões de euros em pagamentos digitais.

Imagem: EP.

Atualidade

Distrito de Aveiro: PSP faz 14 detenções e 5 identificações entre 23 e 17 de janeiro

Publicado

on

A Polícia de Segurança Pública (PSP), no período compreendido entre as 08h00 do dia 23 de janeiro e as 08h00 de hoje, procedeu à detenção e à identificação de 19 cidadãos.

Detenções

Em Aveiro, no dia 23 de janeiro, pelas 13h30, deteve um homem, de 23 anos, por condução sem habilitação.Pelas 14h30, foi detida uma mulher, de 19 anos, por condução sem habilitação.Pelas 14h50, deteve um homem, de 22 anos, por condução sem habilitação.

No dia 24 de janeiro, pelas 20h00, deteve um homem, de 49 anos, por condução sob a influência de álcool, acusando uma taxa de alcoolemia de 2,90 g/l.

No dia 25, pelas 13h15, deteve um homem, de 29 anos, em cumprimento de Mandado de Detenção, a fim de ser ouvido em audiência de julgamento.Pelas 14h50, foi detido um homem, de 41 anos, por condução sem habilitação. Pelas 17h00, deteve um homem, de 36 anos, por condução sem habilitação.

No dia 26 de janeiro, pelas 20h10, deteve um homem, de 34 anos, por condução sem habilitação.

Em Espinho, no dia 24, pelas 11h25, deteve um homem, de 64 anos, em cumprimento de Mandado de Detenção, a fim de ser conduzido ao Tribunal de Espinho.

No dia 26, pelas 14h00, deteve um jovem, de 17 anos, por Mandado de Detenção, a fim de ser conduzido ao Tribunal de Espinho. Pelas 22h49, deteve dois homens, de 48 e 49 anos, por utilização de documento de identificação alheio. Um dos homens cedeu a sua carta de condução ao outro, para que ambos tentassem aceder a um estabelecimento de jogo.

Em São João da Madeira, no dia 26, pelas 22h55, deteve um homem, 26 anos, por condução sem habilitação.

Em Ovar, no dia 26, pelas 09h00, deteve um homem, de 23 anos, em cumprimento de Mandado de Detenção, a fim de ser presente ao Tribunal de Ovar.

Identificações

Em Aveiro, no dia 24, pelas 14h30, identificou quatro cidadãos (uma mulher, de 29 anos, um jovem, de 15 anos e dois homens, de 23 e 24 anos), por posse de estupefacientes, os quais se encontravam na via pública. Ao avistarem os polícias, adotaram uma postura suspeita, pelo que foram abordados e identificados, tendo-lhes sido apreendido cerca de 5 doses de haxixe.

Em São João da Madeira, no dia 25, pelas 04h15, identificou um homem, de 42 anos, por suspeita de peculato. O cidadão estaria a conduzir uma viatura de serviço para fins pessoais.

Foto: PSP.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Três detidos por roubo na freguesia de Santo António

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 24 de janeiro, pelas 19h10, na freguesia de Santo António, procedeu à detenção de três homens, com idades compreendidas entre os 17 e 20 anos, por serem suspeitos da prática do crime roubo, coação e posse de arma proibida.

No decorrer da ação policial, e no seguimento da vítima se ter deslocado à Esquadra, onde reportou ter sido, momentos antes, alvo de roubo por esticão do telemóvel e que o suspeito havia fugido para a estação do Metro de Lisboa, no imediato, os Polícias de serviço deslocaram-se ao local e intercetaram o suspeito ainda na posse do artigo subtraído.

Foi apurado, pelos Polícias, que o suspeito havia, ele próprio, sido vítima de roubo de uma bolsa por outros dois jovens e coagido a perpetrar, para além do roubo do telemóvel, um outro roubo sob coação de arma branca a uma terceira pessoa, ainda, menor de idade, sendo as vítimas escolhidas por aqueles.

Quanto aos jovens que obrigaram à prática dos crimes, após diligências imediatas por parte dos Polícias, foram intercetados e identificados.

Os Polícias conseguiram chegar ao lesado menor de idade, tendo sido formalizado denúncia e, inclusive, recuperados alguns dos artigos subtraídos.

Na posse de um dos suspeitos foram encontradas duas facas (armas proibidas) que foram apreendidas.

Os detidos foram constituídos arguidos e prestação de termo de identidade e residência, tendo sido presentes ao Tribunal Competente, o qual decretou a libertação de dois detidos e a medida de coação de apresentações bissemanais ao detido de 18 anos.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Detido por venda de tabaco sem selo

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 23 de janeiro, pelas 14h30, na freguesia de Santa Maria Maior, procedeu à detenção de um homem, com 61 anos, por ser suspeito da prática de crimes Fiscais e Aduaneiros.

No âmbito da fiscalização aos estabelecimentos na Estação Ferroviária do Rossio, os Polícias avistaram o suspeito na entrada principal daquela a transacionar objetos, sem se aperceber da presença dos mesmos.

Após ser abordado, verificou-se que, dentro de uma bolsa, trazia vários maços de tabaco. Questionado se lhe pertenciam, aquele respondeu afirmativamente, retorquindo que estaria a vendê-los naquele local.

Os Polícias verificaram que os maços de tabaco não possuíam selo fiscal, não estando, assim, cumpridas as formalidades de despacho e pagamento de impostos devidos.

Desta ação foram apreendidos: 20 maços de tabaco; e 45,00 euros em notas do BCE.

O detido foi notificado para comparecer na Instância Local Criminal de Lisboa – Secção de Pequena Criminalidade, tendo o processo baixado a inquérito e sido aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

Foto: PSP.

Continuar a ler

Mais lidas