Connect with us

Atualidade

Ordem dos Psicólogos alerta: “Pare. É tempo de dar atenção à saúde mental”

Publicado

on

A pandemia veio agravar muitos problemas de saúde mental e tornar ainda mais visível que esta tem de ser uma prioridade. Para amplificar a literacia psicológica e reforçar a importância de se estar atento aos sinais, a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) recupera um documento sobre a tristeza, reforça a visita a dois sites e divulga checklists por faixa etária.

Como lidar com a tristeza

A tristeza já é um lugar difícil, mas uma situação como esta pandemia pode criar ou aumentar sentimentos de ansiedade, preocupação, instabilidade ou insatisfação. “As mudanças a nível pessoal, social e profissional – que existem ou antevemos – podem fazer-nos sentir receosos, inseguros, infelizes e vazios”, pode ler-se no documento da OPP. É natural sentir-se mais em baixo, chorar mais, haver menos concentração, ter dificuldade em tomar decisões, ver frequentemente o lado negativo ou ter menos energia no dia a dia.

É importante saber que não está sozinho e que há coisas concretas que pode fazer para lidar com a situação e ultrapassá-la. Para o bem-estar da saúde psicológica tenha em atenção algumas sugestões da OPP, como permitir-se estar triste, manter a esperança, estruturar o dia, manter-se ativo com atividades que deem prazer, manter o contacto com amigos e família e dividir os seus problemas em pequenas partes. Para completar, trate também do seu corpo: alimente-se de forma saudável, faça exercício físico e durma bem.

Lembre-se que grande parte dos estados de tristeza são passageiros, por isso não se foque na infelicidade e se achar que interfere demasiado no seu quotidiano, não hesite em pedir ajuda.

Encontre Uma Saída – Um guia da saúde mental de A a Z

Como lidar com sentimentos ou perturbações como stress, ansiedade, ataques de pânico, depressão, estigma, luto, suicídio, bullying ou agressividade? A OPP dá ferramentas para gerir estes e outros estados relacionados com a saúde mental nesta plataforma, que é mais um contributo para promover a saúde psicológica e ajudar as pessoas a descobrirem o que precisam com este guia da saúde mental de A a Z.

Neste website encontra informação credível e precisa sobre várias dimensões da saúde mental. Muito intuitivo e com um layout apelativo, o portal apresenta simbolicamente várias portas, que escondem um conceito ou uma perturbação, com a respetiva explicação e a proposta de encontrar uma saída. Há ainda um mapa interativo, que apresenta geograficamente os psicólogos por especialidade.

Sinto.me

Nem sempre é fácil gerir os vários estados relacionados com a saúde mental, por isso a OPP criou este portal, que reúne um conjunto de informação e recursos sobre saúde psicológica e bem-estar. É uma ajuda para saber mais sobre as dificuldades e problemas de saúde psicológica e sobre a saúde psicológica na escola, no trabalho, em situações relacionadas com a COVID, mas também a procurar a ajuda que precisa. O site conta com a Ana, uma ferramenta interativa que tira dúvidas e encaminha para o que precisa.

Como me sinto? – Checklists sobre crianças e adolescentes, jovens e adultos

Perante esta pandemia que nos afeta a todos e obriga a uma adaptação à realidade quase diariamente é essencial estarmos ainda mais atentos e cuidar da saúde psicológica e do bem-estar das crianças e adolescentes, mas também da nossa. A OPP criou três checklists (disponíveis nos links abaixo) para serem respondidas pelos pais ou pela própria pessoa. As respostas devem ser as mais sinceras possíveis. Os resultados não são um diagnóstico psicológico, mas servem para ajudar a pensar e procurar ajuda profissional. Um Psicólogo pode ajudar.

Como lidar com a tristeza

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/doc_covid_19_como_lidar_com_a_tristeza.pdf .

Como me sinto? (checklist crianças e adolescentes para pais, cuidadores e professores)

http://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/checklist_criancasadolescentes.pdf.

Como me sinto? (checklist jovens)

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/checklist_jovens.pdf.

Como me sinto? (checklist adultos)

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/checklist_adultos.pdf.

Foto: DR.

Atualidade

Voleibol de Praia: Portugueses defendem título universitário

João Pedrosa e Hugo Campos

Publicado

on

A dupla portuguesa João Pedrosa/Hugo Campos vai defender o título de campeã mundial universitária no Brasil, país que recebe, 2 a 8 de setembro, o Campeonato Mundial Universitário de Praia (FISU World University Championship Beach Sports).

O evento terá por palco as praias de Botafogo e da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e para além da dupla bicampeã nacional, contará ainda com a participação da árbitra lusa Maria Michelle Ferreira.

Em 2022, Pedrosa e Campos sagraram-se campeões mundiais universitárias ao vencerem, por 2-1 (21-17, 16-21 e 15-13), a dupla suíça Zurcher/Jordan na Final dos Mundiais Universitários de Voleibol de Praia (World University Championship Beach Volleyball) disputados em Maceió, no Estado de Alagoas, Brasil.

Com este resultado, Pedrosa e Campos conseguiram a melhor classificação de sempre de uma dupla portuguesa no Campeonato do Mundo Universitário, superando o 5º lugar alcançado em 2014, no Porto, por Rosa Couto/Marta Hurst.

Em 2013, Juliana Antunes Rosas e Tânia Oliveira venceram, no Porto, o Europeu Universitário.

Pedrosa/Campos no CEV EuroBeachVolley

Antes desta competição, João Pedrosa e Hugo Campos vão representar Portugal no Campeonato da Europa de Seniores em Voleibol de Praia, que será disputado em Haia, Arnhem e Apeldoorn, nos Países Baixos, entre os dias 14 e 18 de agosto de 2024.

A última vez que uma dupla portuguesa tinha disputado a fase final do Campeonato da Europa de seniores tinha sido em 2004, e na altura Nélson Brízida e José Pedrosa conseguiram ocupar o 9º lugar na classificação final, em Timmendorfer Strand, na Alemanha.

Inseridos no Quadro Principal deste campeonato continental, os bicampeões nacionais vão, assim, disputar o seu primeiro Europeu de seniores, sendo que nesta edição encontrarão as melhores duplas europeias e mundiais, como é o caso da sueca David Ahman/Jonatan Hellvig, considerada a melhor dupla da atualidade. Os nórdicos, que venceram o Beach Pro Tour Elite16 de Espinho, são bicampeões europeus, vice-campeões mundiais, vencedores do Circuito Mundial em 2023 e são apontados como favoritos às medalhas nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Para além dos jovens vikings, há que ter em consideração os noruegueses Anders Berntsen Mol e Christian Sandlie Sørum, os alemães Nils Ehlers e Clemens Wickler, os neerlandeses Steven van de Velde/Matthew Immers e Stefan Boermans/Yorick de Groot ou os franceses Youssef Krou e Arnaud Gauthier-Rat, que asseguraram recentemente a presença nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 ao vencerem a Taça das Nações de Voleibol de Praia, depois de eliminarem as duplas lusas João Pedrosa/Hugo Campos e Gonçalo Sousa/Tomás Sousa.

A participação no Europeu é um excelente prémio e incentivo para Pedrosa e Campos, orientados pelo Selecionador Nacional Ricardo Rocha, que almejam uma presença numa edição dos Jogos Olímpicos e têm percorrido um caminho recheado de bons resultados nos últimos anos: a medalha de bronze alcançada nos Jogos do Mediterrâneo pelos bicampeões nacionais juntou-se à medalha de ouro conquistada no Beach Pro Tour Challenge de Edmonton (Canadá), etapa do Circuito Mundial de 2023, naquela que foi a primeira vez que a dupla portuguesa subiu ao lugar mais alto do pódio numa etapa Challenge do Beach Pro Tour.

Um marco no percurso dos bicampeões nacionais em título e campeões mundiais universitários na caminhada que encetaram há poucos anos ao optarem pela prática do Voleibol de Praia ao longo de todo o ano, no que são apoiados pela Federação Portuguesa de Voleibol (FPV).

Sandra Deveza é a árbitra portuguesa que estará presente no Campeonato da Europa de Seniores Masculinos.

Foto: FADU.

Continuar a ler

Atualidade

Viana do Castelo: 33º Jazz na Praça da Erva regressa a 24 de julho

Publicado

on

A 33ª Edição do Festival Jazz na Praça da Erva está de regresso a Viana do Castelo, entre 24 e 27 de julho. Contracantos de Miguel Calhaz com participação especial de Mário Costa e Cantigas de Maio ocupam o palco da Praça da Erva nos dias 24 e 25 de julho, respetivamente, cabendo a Carmen Souza e aos Mezzoforte o do Teatro Municipal Sá de Miranda nos dias 26 e 27 de Julho de 2024.

O festival, apresentado a 05 de julho em conferência de imprensa pelo Vereador da Cultura, Manuel Vitorino, e por David Martins, da organização, tem como ambição entrar nos circuitos dos festivais internacionais, pelo que aposta em bons artistas de jazz para os quatro dias de festival.

24 de julho (quarta)

CONTRACANTOS
projeto a solo de Miguel Calhaz – voz e contrabaixo
Participação especial: Mário Costa/bateria (Prémio Play do Jazz em 2024)
Local: Praça da Erva

25 de julho (quinta)

CANTIGAS DO MAIO
Bernardo Moreira/contrabaixo
Ricardo Dias/piano
André Santos/guitarras
João Neves/voz
Este projeto traz para o jazz os grandes autores musicais que marcam uma viragem da história social, política e cultural do nosso país tais como: José Afonso, Fausto Bordalo Dias, Vitorino Salomé, Sérgio Godinho, José Mário Branco, entre outros…
Local: Praça da Erva

26 de julho (sexta) 

CARMEN SOUZA (Cabo Verde)
Com ascendência de Cabo Verde, Carmen Souza trouxe para o jazz os ritmos quentes da Morna, da Coladera e do Funaná. Possuidora de uma voz impressionante é ela mesma multi-instrumentista, tocando guitarra e piano. Tem vindo a percorrer os mais importantes festivais de jazz internacionais, marcando ainda presença nos mais emblemáticos clubes de jazz europeus, tais como: o La Cigale, em Paris ou o Ronnie Scott’s em Londres onde fez enorme sucesso.
Local: Teatro Sá de Miranda

 27 de julho (sábado)

MEZZOFORTE (Islândia)
Os MEZZOFORTE vêm da Islândia, sendo constituídos por músicos deste país, da Dinamarca e da Noruega.
São uma das maiores bandas do mundo de jazz-fusão, jazz progressivo e jazz-funk.
Com 47 anos de existência e um largo palmarés são uma ESTREIA ABSOLUTA – NUNCA ATUARAM EM PORTUGAL. O Concerto do 33º Festival Jazz na Praça da Erva é a primeira atuação deste grupo no nosso país.
Local: Teatro Sá de Miranda

 Bilheteira:

  • BOL
  • Teatro Municipal Sá de Miranda

Bilhetes/Preços:

  • 24 e 25 de julho – entrada livre/Praça da Erva
  • 26 julho: CARMEN SOUZA – 17€
  • 27 julho: MEZZOFORTE – 34€
  • FULL PASS (26+27 de julho – CARMEN SOUZA + MEZZOFORTE): 47€

Imagem: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Município de Anadia implementa programa “Aldeia Segura” em Corgo de Baixo

Publicado

on

A aldeia de Corgo de Baixo, na freguesia de Avelãs de Cima, recebeu, recentemente, um exercício de simulação de incêndio rural, no âmbito do programa “Aldeia Segura Pessoas Seguras”. Este programa visa proteger as pessoas que residem em áreas urbano-florestais, através da implementação e gestão de zonas de proteção e locais de refúgio nos aglomerados. Pretende também sensibilizar as pessoas para a importância da prevenção de comportamentos de risco e para a adoção de medidas de autoproteção e de preparação face a incêndios rurais.

A apresentação e implementação do programa em Corgo de Baixo resulta de um trabalho conjunto entre o Município de Anadia e a Junta de Freguesia de Avelãs de Cima, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, através do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Região de Aveiro, e a Universidade de Coimbra.

No simulacro realizado em Corgo de Baixo, estiveram presentes representantes do Município de Anadia, da Junta de Freguesia de Avelãs de Cima, da Associação de Apoio Florestal e Ambiental de Avelãs de Cima, dos Bombeiros Voluntários de Anadia, do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Anadia e do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Região de Aveiro.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Mais lidas