Connect with us

Atualidade

Viana do Castelo: Secretária de Estado do Turismo visita Caravela Vera Cruz e elogia Caminho Marítimo de Santiago como “produto inovador”

Publicado

on

Em Viana do Castelo, a Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, visitou, ontem, a Caravela Vera Cruz, que está atracada na antiga doca comercial ao longo de dois dias no âmbito do cruzeiro inaugural do “Caminho Marítimo de Santiago em Portugal”. A bordo da caravela, a governante desejou continuação de boa viagem aos navegadores e considerou este um “projeto inovador” que deve ser valorizado e financiado.

“Espero que dentro em breve possamos rentabilizar e monetizar este produto turístico. Este produto tem enorme potencial porque junta duas enormes valências nacionais: o Mar, porque Portugal é um país virado ao mar e sempre a abraçar o mar; e o Caminho de Santiago, que ganhou, nos últimos tempos, até fruto das situações pandémicas, uma importância enorme”, indicou.

Por isso, Rita Marques assumiu existir a “responsabilidade” de “acarinhar projetos desta natureza, independentemente das vicissitudes”. “Este é um projeto regional, mas também nacional e transfronteiriço, pelo que chamo a mim a responsabilidade de, com tempo, no próximo ano encontrarmos formas de financiamento para este produto turístico inovador e que junta dois ativos nacionais enormes”, frisou.

Já o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, referiu ser “um privilégio, em terra de mar e de marinheiros”, receber a Caravela Vera Cruz e o Caminho Marítimo de Santiago em Portugal”. “O Caminho de Santiago é terrestre, mas acho que o Caminho Marítimo faz sentido e tudo isto se conjuga, pelo que estamos todos de parabéns”, declarou.

António José Correia, da Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, explicou que, há uns meses, começaram a trabalhar para que “pudéssemos ancorar este projeto na rede que já temos”, garantindo que “houve uma adesão instantânea a este Caminho” que integra a Estação Náutica do Alto Minho e diversos parceiros.

O Presidente da Entidade de Turismo do Porto e Norte (ETPN), Luís Pedro Martins, indicou que a ETPN é parceira das Estações Náuticas “por todas as razões”, incluindo “sermos a entidade gestora dos Caminhos de Santiago”.

“Estamos a falar de uma região que é a que tem mais Caminhos certificados, o Caminho do Interior e o Caminho da Costa, estando a dias da certificação do Caminho Central e com mais dois em bom andamento. Agora temos esta surpresa do Caminho Marítimo, que foi surpresa por surgir em tempo recorde”, considerou o responsável da entidade. “Queremos, agora, com tempo, estruturar este produto”, disse, assumindo vontade em conseguir captar financiamentos para este projeto que vem valorizar os Caminhos de Santiago.

Recorde-se que Viana do Castelo recebe, até ao início da manhã desta sexta-feira, a Caravela Vera Cruz no âmbito do cruzeiro inaugural do “Caminho Marítimo de Santiago em Portugal”, na qual foi acompanhada por cerca de 20 embarcações de recreio que fizeram esta “peregrinação marítima”. O “Caminho Marítimo de Santiago em Portugal”, composto por nove etapas em Portugal, teve início em Vila Real de Santo António, no passado dia 28 de maio, com paragens em Vilamoura, Lagos, Sines, Cascais, Peniche/Nazaré, Ria de Aveiro, Leixões e, agora, Viana do Castelo. Seguiu depois rumo à Galiza, passando por Baiona, Vila Garcia de Arousa e Padrón. A partir de Padrón, o percurso faz-se a pé até Santiago de Compostela, num total de 12 km, com a chegada a acontecer a 13 de junho.

Foto: CMVC.

Atualidade

Barcelos: Música, Teatro, Cinema e Dança no Theatro Gil Vicente

Programação de fevereiro

Publicado

on

Música, dança, teatro e cinema preenchem a programação do mês de fevereiro do Theatro Gil Vicente, que acolhe, já no dia 5 de fevereiro, às 16h00, a rubrica “Em família no TGV”, com a companhia “teatromosca” a apresentar a peça “Odeio a minha irmã” – espetáculo dividido em duas performances com textos do dramaturgo e encenador francês Sébastien Joanniez.

Ainda no que respeita a teatro, os mais novos podem assistir, no dia 18 às 16h00 e 21h30, e no dia 19, às 16h00, à peça “Gato das Botas”, pela Jangada Teatro. Entretanto, no dia 26, há ainda lugar para duas sessões de teatro para bebés (dos 3 meses aos 3 anos), às 10h00 e às 11h30, com apresentação da peça “Atelier teatrada”, encenada pela companhia “Marias Catrapumbas”.

Para os mais crescidos, o Theatro Gil Vicente recebe, no dia 11 de fevereiro, às 21h30, Ruy de Carvalho, figura máxima do Teatro em Portugal, que vem apresentar “Ruy, a história devida”, pela Yellow Star Company. No dia 25, às 21h30, é a vez do ator António Capelo apresentar o monólogo “Ninguém”.

Música e Cinema

No domínio musical, a sala de espetáculos do Gil Vicente recebe dois concertos promovidos pelo ‘triciclo’: o primeiro realiza-se no dia 9, às 22h00, com “Casper Clausen – Efterklang”, e o segundo – “Electrolab – serviço educativo” – acontece no dia 24 de fevereiro, às 22h00, produzido por um grupo de músicos de Barcelos que se juntou ao Laboratório de Robótica de Macieira de Rates. Este projeto junta automatismos, linhas de código, instrumentos convencionais, ferramentas do dia a dia e objetos obsoletos.

Quanto a cinema, o Cineclube Zoom leva ao Theatro Gil Vicente dois filmes: “A Vida de uma Mulher”, no dia 7 de fevereiro; e, no dia 14, “A Mulher que eu Abandonei”, ambos do autor Yasuzô Masumur. As sessões são às 21h30, e os bilhetes têm um custo de 3,5 euros.

O dia 26 é dedicado à dança, pelo que, às 18h00, pode assistir ao espetáculo “A Fada das Cores”, pela Escola de Dança de Barcelos.                                                           

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de fevereiro, a Igreja do Terço recebe, no dia 4, às 21h30, o concerto “Noites de Fado”, por Liliana Macedo.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Imagem: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Mochila apreendida por apropriação ilegítima

Mais uma ocorrência

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 28 de janeiro, apreendeu, a um homem com 50 anos de idade, uma mochila deixada por esquecimento no interior de viatura táxi.

O denunciante, ao chegar a Lisboa, deslocou-se para a praça de táxis do aeroporto e, dali, seguiu para a Moita, apercebendo-se, pouco depois de chegar, que deixara esquecida, no interior da viatura, uma mochila de sua propriedade. Tentou, em vão, o contacto com o condutor, optando, depois, por denunciar o assunto à PSP do Aeroporto, descrevendo o seu conteúdo.

Pelas diligências garantidas pela PSP, conseguiu-se chegar à identificação do condutor da viatura que referiu ainda não ter entregue o artigo por o seu veículo estar na oficina.

Após este contacto policial, foi possível garantir a entrega do artigo deixado esquecido na viatura.

Quando da abordagem policial, foi possível apreender a mochila, contendo, no interior, um computador portátil e um disco externo.

Os bens apreendidos, avaliados em cerca de 1.100 euros, foram entregues ao seu legítimo proprietário.

O denunciante prescindiu do procedimento criminal contra o suspeito.

A PSP aconselha: garanta sempre que viu o habitáculo do veículo onde circulou, assegurando-se que nada ficou esquecido no seu interior.

Ocorrência

A Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 30 de janeiro, pelas 16h00, na freguesia de Algés, procedeu à detenção de um homem, com 29 anos, por existir sobre o mesmo um mandado de detenção.

No âmbito da fiscalização aos estabelecimentos, na Estação do Ferroviária de Algés, os Polícias avistaram o suspeito e, ao solicitarem documento de identificação, apuraram que tinha um mandado de detenção, para cumprimento de 5 cinco meses de prisão efetiva. O detido, condenado pela prática de um crime de Desobediência, foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa, para cumprimento de pena aplicada.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Jovem detido por tráfico de estupefaciente no Areeiro

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 5ª Divisão Policial, no dia 30 de janeiro, pelas 15h13, na freguesia de Areeiro, procedeu à detenção, em flagrante delito, de um jovem de 21 anos de idade, por ser suspeito da prática de um crime de tráfico de produto estupefaciente.

Os Polícias efetuavam patrulhamento numa zona urbana sensível, quando constaram um indivíduo sentado numa cadeira que, ao avistar os mesmos, iniciou marcha acelerada em direção aos patamares superiores.

Ao deslocarem-se até ao primeiro andar, ao encontro do suspeito, visualizaram o mesmo a largar, da sua mão direita, um saco de plástico que verificaram conter, no seu interior, várias embalagens de pequenas dimensões com produto suspeito de ser estupefaciente.

Após revista ao suspeito, foi possível detetar na sua posse 160 euros em dinheiro, tendo sido encaminhado à subunidade policial.

Da ação policial resultou a apreensão de: 50 doses de haxixe e 160 euros em numerário

O detido foi presente a Autoridade Judiciária tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Apresentações Semanais.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas