Connect with us

Atualidade

RE/MAX regista movimento de 1,67 mil milhões de euros no terceiro trimestre

Das 18.701 mil transações efetuadas entre julho e setembro, 25% foi relativo a investimento internacional, havendo também um aumento no número de consultores e agências RE/MAX

Publicado

on

A RE/MAX, maior imobiliária a operar em Portugal, fechou o penúltimo trimestre do ano com um volume de preços na ordem dos 1,67 mil milhões de euros, relativos a 18.701 transações. No que respeita ao arrendamento, o destaque vai para Lisboa, a capital (concelho) que reúne mais de um quarto dos arrendamentos da rede. Dos negócios realizados nos meses de julho, agosto e setembro, 25% foram de investidores internacionais, o que corresponde a 4.673 negócios mediados. Outro dado verificado no trimestre é o incremento no número de consultores e agências em atividade no território nacional.

Em consonância com ciclos anteriores, foram os portugueses quem mais adquiriu ou arrendou casa, 75%. Entre os investidores estrangeiros, os brasileiros reforçaram a segunda posição daqueles que mais negoceiam em imobiliário – entre julho e setembro, as transações com cidadãos do país-irmão representaram 7,6%, a que se seguiram angolanos (1,9%) e norte-americanos (1,7%). Estas duas últimas nacionalidades, subiram várias posições face ao último trimestre homólogo.

Já numa análise ao número de transações negociadas por concelho neste penúltimo trimestre do ano, os três concelhos onde a rede assinala um maior número de transações situam-se no distrito de Lisboa. Nesse sentido, a capital lidera o top 10 com 2.280 transações, 12,2% do total registado pela RE/MAX. Seguem-se Sintra (6,5%), Cascais (3,4%), Oeiras (3,3%), Almada (2,6%), Amadora (2,5%), Braga (2,4%) e Odivelas (2,3%). Em 6ª e 10ª posições, respetivamente, estão os concelhos do Porto (2,5) e de Vila Nova de Gaia (2,2%), pertencentes à área metropolitana do Porto.

Os apartamentos e as moradias figuram como os dois tipos de propriedade que a rede RE/MAX mais comercializou entre 1 de julho e 30 de setembro, representando 54,1% e 27,6% do total, respetivamente. As tipologias mais procuradas nos apartamentos vendidos foram os T2 (44,0%), seguindo-se os T3 (33,9%), os T1 (14,6%) e outras tipologias (7,6%). Cerca de 8,8% dos imóveis negociados neste período são terrenos, 2,7% são lojas, 1,5% quintas e 5,3% outros tipos de imóveis.

Mais agências e mais consultores imobiliários

Outro dado a salientar neste período é o incremento da RE/MAX em termos de recursos humanos, o que contribui para a sua condição de líder. O número de profissionais e a estrutura organizativa tem vindo a crescer ao longo do ano, com a integração de novos profissionais e uma otimização dos métodos e ferramentas de trabalho.

No término do terceiro trimestre do ano passado, a rede RE/MAX tinha 375 agências e 9.742 consultores. A rede imobiliária viu o número de agências registar um aumento face a igual período de 2021 (5,1%), passando agora a contabilizar 394 agências. No que concerne ao número de agentes, o crescimento foi de 4,7%, tendo a imobiliária líder de mercado recrutado mais de 461 consultores em apenas três meses deste ano, registando no final de setembro 10.203 profissionais, o que atesta o seu dinamismo no setor.

“Num ano pautado por uma conjuntura internacional difícil e por uma subida da inflação e das taxas de juro, este 3º trimestre foi revelador do vigor e robustez da marca RE/MAX. A rede tem mantido os mais elevados índices de satisfação dos seus clientes, assim como demonstrado uma forte dinâmica no mercado nacional. De facto, para além do crescimento orgânico (mais consultores e mais agências), a rede ao ser responsável por quase 19 mil transações em apenas três meses, num mercado onde há uma substancial falta de oferta de habitação e onde a procura tem vindo a registar alguns decréscimos, faz prova da sua liderança”, salienta Beatriz Rubio, CEO da RE/MAX Portugal.

Para o último trimestre, a responsável prevê que “será pautado por desafios acrescidos, designadamente pela intensificação da escassez da oferta e por uma procura receosa face ao aumento das taxas de juro de referência”. Contudo, tem a convicção “que onde há desafios, há oportunidades de fazer mais e melhor e é nesta ótica que a rede RE/MAX está focada e trabalha diariamente.”

Foto: RE/MAX.

Atualidade

Castro Marim: 9º Concurso “Odeleite, Aldeia Florida”

Publicado

on

Pitoresca e reconhecida pela sua singularidade, no interior do território castromarinense desenha-se a aldeia de Odeleite, considerada uma das aldeias típicas da região e que pretende agora ser também uma das mais floridas! O Concurso “Aldeia Florida” está de volta a Odeleite, nesta que será a sua 9ª edição, uma organização da Junta de Freguesia e da Associação Social da Freguesia de Odeleite.

Ladeada por dois espelhos de água, a Ribeira e a Barragem, com casas brancas e de típicas chaminés algarvias, Odeleite é uma aldeia pautada por detalhes e pormenores, naturais e ou promovidos pelo brio dos seus habitantes, o que a torna aprazível para viver e atrativa à visita. As flores, dispostas nos pátios, nas janelas e nos recantos das casas, já são um uso na aldeia e lança-se agora novo repto e incentivo a quem tiver casa ou estabelecimento na aldeia.

As inscrições decorrem de 1 a 15 de fevereiro, nas instalações da Junta de Freguesia de Odeleite, e serão entregues flores aos participantes, para que possam decorar e dar novas cores aos seus espaços. Os resultados serão conhecidos no dia 1 de maio, nas populares celebrações do Dia do Trabalhador. 

Imagem: CMCM.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Município recebe galardão de Autarquia Familiarmente Responsável

Publicado

on

O Município de Anadia recebeu, esta quinta-feira, 26 de janeiro, a Bandeira Verde do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), que reconhece as diversas políticas sociais e respostas de proximidade que têm vindo a ser implementadas pela Câmara Municipal, no sentido de apoiar e valorizar as famílias. A cerimónia decorreu no Auditório da Fundação FEFAL, em Coimbra, tendo o Município sido representado pela Vereadora com o Pelouro da Ação Social, Jennifer Pereira.

Para Jennifer Pereira, esta distinção “é o reconhecimento do investimento” do Município na implementação de politicas de apoio às famílias, de boas práticas adotadas que promovam e facilitem a vida familiar, através da implementação de programas que assentam no bem-estar das famílias, nos mais diversos eixos de implementação, como educação, ação social, habitação, cultura e lazer.

Recorde-se que o Município de Anadia, ao longo dos últimos anos, tem vindo a implementar um conjunto de diferentes medidas sociais, de onde se destacam o Fundo Social, a Comparticipação de Despesas com Medicamentos, a Melhoria Habitacional, o apoio ao Arrendamento Urbano para Fim Habitacional, a atribuição de bolsas de Estudantes do Ensino Superior, o benefício de apoio à Natalidade e o tarifário familiar para águas e saneamento, entre outros, com o propósito de apoiar as famílias do concelho.

Entretanto, o executivo municipal, na sua última reunião, aprovou a adesão do Município à Rede Europeia de Municípios Amigos das Famílias. Esta integração irá permitir a partilha de boas práticas e de informação com outros municípios, bem como a participação em eventos organizados pela Rede Europeia que poderão traduzir-se numa mais-valia para o concelho, passando, assim, o Município de Anadia a constar da base de dados da Rede Europeia, condição que lhe permite ter acesso a uma base de dados exclusiva de boas práticas em matéria de política de família a nível europeu, publicar informação sobre a autarquia, participar em reuniões, seminários, workshops e convenções europeias, podendo, ainda, aderir ao movimento a favor de uma Europa mais amiga da família.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Troféu Internacional de Pista Sunlive

Publicado

on

O Velódromo Nacional de Anadia, em Sangalhos, recebe, este sábado, dia 28 de janeiro, mais uma grande prova internacional de ciclismo de Pista, o Troféu Internacional Sunlive, com entradas livres.

A competição conta com cerca de 100 atletas inscritos, em representação de 20 países, nomeadamente África do Sul, Alemanha, Argélia, Arménia, Áustria, Egito, Eslováquia, Espanha, França, Grã-Bretanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, México, Portugal, Roménia, Uzbequistão e Venezuela.

A prova disputa-se entre as 9h30 e as 13h30 e entre as 15h00 e as 19h00, nas categorias de juniores e elite, masculinos e femininos, em Velocidade, Keirin, Omnium, Madison, Scratch e Eliminação.

Recorde-se, ainda, que o Município de Anadia vai acolher o Campeonato da Europa de Sub-23 e Sub-19, que decorrerá entre os dias 11 e 16 de julho, no Velódromo Nacional.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Mais lidas