Connect with us

Atualidade

Procura por auditorias energéticas dispara em Portugal

Frio extremo expõe problemas, sendo que em Portugal, 3 em cada 4 casas são ineficientes do ponto de vista energético

Publicado

on

Com a descida acentuada das temperaturas, os portugueses têm procurado soluções para combater o frio nas suas casas, com um aumento de 75% na procura por serviços de eficiência energética nos primeiros nove dias do ano, em comparação com o mês anterior, revelam dados da Fixando.

Entre os serviços a que os portugueses mais recorrem, destacam-se a auditoria energética, com um aumento de 300%, a instalação de capoto/isolamento (+163%) e a instalação de caldeiras (+150%). Além disso, a procura por serviços de manutenção para sistemas que contribuem para o controlo da temperatura das casas aumentou 55%, onde se incluem a reparação de bombas de calor (+100%), substituição de persianas (+67%) e reparação de janelas (+56%).

“As baixas temperaturas têm vindo a destapar as deficientes condições de eficiência energética das habitações dos portugueses. E o aumento da procura por estes serviços sugere que os portugueses estão cada vez mais conscientes da necessidade de lidar com a pobreza energética das suas casas. É positivo que recorram a auditorias para compreender e melhorar o desempenho energético das suas residências, porque comprar um aquecedor ou instalar um ar condicionado nem sempre é a solução mais eficaz”, explica Miguel Mascarenhas, CEO da Fixando.

Quanto aos distritos do país onde a contratação destes serviços mais subiu, Lisboa encabeça a lista (+114%), seguido por Évora (+112%) e Braga (+90%).

Este aumento da procura está a criar um desafio para os profissionais, com apenas 62% dos pedidos de clientes nesta área a conseguirem resposta em janeiro (em dezembro, essa percentagem era de 79%).

A Fixando alerta, ainda, que a incapacidade de dar resposta a tantos pedidos está a refletir-se nos preços, que já começaram a aumentar. Enquanto alguns ainda mantêm os preços de 2023, como é o caso da Auditoria Energética, com um preço médio de 197€, os serviços relacionados com remodelações registaram um aumento médio de 100€ por serviço (+27%).

Se o frio persistir nos próximos dias, a procura por serviços de melhorias energéticas pode aumentar ainda mais, estimando-se um crescimento adicional de 51% em janeiro. Contudo, apenas 8% dos especialistas registados na Fixando nestas áreas têm disponibilidade para aceitar novos pedidos, levando a que a taxa de resposta possa baixar para 35%.

Para o CEO da plataforma de contratação de serviços, “é alarmante ver que, segundo um estudo de 2021 da EDP e do ISEG, 75% do parque habitacional português é ineficiente do ponto de vista energético, com uma classificação C ou inferior. E quase um quarto (22,5%) da população portuguesa – praticamente três vezes a média europeia -, reconhece estar em situação de pobreza energética, sem condições financeiras para aquecer a casa no inverno e mantê-la fresca no verão. Especialmente quando as alterações climáticas precipitam cenários mais radicais de baixas e altas temperaturas ao longo do ano”.

Foto: DR.

Atualidade

Barcelos: Petiscos de “comer e chorar por mais”

Fim de Semana dos Petiscos, de 19 a 21 de julho

Publicado

on

Está de volta a iniciativa “Fim de Semana dos Petiscos”. Este ano, a iniciativa promovida pelo Município e operacionalizada pelos Serviços de Turismo, decorre de 19 a 21 de julho e conta com a adesão de 21 restaurantes e tascas do concelho de Barcelos.

São petiscos de comer e chorar por mais, num fim de semana de experiências gastronómicas tradicionais irresistíveis. Para abrir o apetite, conheça as iguarias de que pode degustar: rojões, pataniscas, bifanas, polvo, taquinhos de bacalhau, chispes, codornizes, moelas, orelheira com molho verde, asinhas de frango, iscas de fígado com cebolada, pica-pau, ovos rotos, sardinha na brasa, bacalhau albardado, entre outros deliciosos petiscos que fundem tradição com inovação.

Restaurantes aderentes:

Adega Costa (Várzea); A Petisqueira Vilaça (Barcelos); Café Dias (Tamel S. Veríssimo); Café Paulista (Barcelos); Café Restaurante Luar (Gilmonde); Casa das Bifanas (Barcelos); Casa Sêmea (Arcozelo); Cozinha Regional de Barcelos (Várzea); Faty-Ferros (Arcozelo); Galo Wine & Tapas (Barcelinhos); Historial Caffé (Barcelos); Lounge Bar Xano (Barcelos); Restaurante Pérola (Barcelos); O Ás Restaurante (Barcelos); Taberna do Armindo (Remelhe); Tasca Sem Riscos (Rio Covo Santa Eulália); Tasquinha O Telheiro (Viatodos); Terraço dos Petiscos (Vila Boa); Tino Socorro (Alvelos); Três Marias (Barcelos), e Vera Cruz (Barcelos).

A par do Fim de Semana dos Petiscos, há um programa de animação que contempla o Trilho das Fontes, no sábado, dia 20 de julho, das 8h30 às 13h00. E entre as 14h e as 18h tem lugar a Prova Cega de Vinhos de Barcelos, no Solar de Vila Meã, em Silveiros.

As inscrições são obrigatórias e limitadas e podem ser efetuadas para turismo@cm-barcelos.pt ou 253 811 882.

Imagem: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: “25 de Abril: Rumo ao Cinquentenário” na Biblioteca Municipal

Publicado

on

A exposição “25 de Abril: Rumo ao Cinquentenário”, após itinerância pelas escolas do concelho de Anadia, encontra-se patente ao público na Biblioteca Municipal até ao próximo dia 28 de setembro.

A mostra, dirigida ao público em geral, é constituída por um conjunto de 11 painéis, complementados por um repositório digital ao qual se acede através da ativação de códigos QR.

Foi concebida com a coordenação científica do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20), da Universidade de Coimbra, com o design gráfico da licenciatura de Arte e Design da Escola Superior de Educação de Coimbra e com o apoio da Comissão das Comemorações dos 50 Anos da Revolução do 25 de Abril.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

São João das Lampas recebe mais uma edição das Exposições Caninas

Publicado

on

Sintra recebe a 41 ͣ Exposição Canina Nacional e a 39. ͣ Exposição Canina Internacional, no Largo 9 de Setembro, em São João das Lampas, de 26 a 28 de julho, com entrada livre.

Durante três dias poderá conhecer os melhores exemplares de raças oficialmente reconhecidas que serão avaliados por júris portugueses e internacionais. As exposições contarão, também, com a presença de canicultores oriundos de vários países da Europa.

Realizada desde 1982, a iniciativa conta com várias exposições monográficas e especializadas, cujo teor técnico e qualidade das edições anteriores, as definem já como um marco no domínio da Canicultura.

As Exposições Caninas regidas pelos regulamentos da Fédération Cynologique Internacionale (FCI) e do Clube Português de Canicultura, estão abertas à participação de exemplares de todas as raças e variedades oficialmente reconhecidas, registadas nos Livros de Origens ou com Registos Iniciais emitidos por organismos reconhecidos pela FCI.    

Este evento é organizado pela Comissão de Festas da Vila Velha, com supervisão técnica do Clube Português de Canicultura e conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, União de Freguesias de Sintra e da União das Freguesias de São João das Lampas e Terrugem.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas