Connect with us

Atualidade

Viana do Castelo avança com candidatura de 2 milhões de euros ao projeto Bairro Comercial Digital

Publicado

on

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai investir, nos próximos anos, no Bairro Comercial da zona histórica da cidade, com o objetivo de o tornar mais sofisticado e atrativo, com iniciativas criativas, lúdicas e várias inovações urbanísticas que vão promover a aplicação de tecnologias digitais centradas nas pessoas, criando espaços digitais para a vida urbana.

O principal objetivo é fomentar uma transformação de um espaço urbano que é o cartaz de visita da cidade para todos os cidadãos, empresas e turistas. Pretende-se, assim, alcançar uma nova centralidade na cidade através da transição digital e climática do setor do comércio e serviços na cidade, em particular nos estabelecimentos existentes e nos novos negócios que se esperam atrair, mediante a disponibilização de ferramentas e serviços que contribuirão para a digitalização do setor e para a dinamização económica e social local.

Trata-se de um projeto inovador, cuja candidatura aos fundos do PRR compete com todas as outras cidades nacionais, com um investimento previsto de cerca de 2 milhões de euros, esperando um financiamento de 1,5 milhões de euros. A primeira etapa já foi ultrapassada com a aprovação da proposta de ideia, entre 187 manifestações de interesse de outras cidades, tendo Viana do Castelo sido selecionada para submeter a sua candidatura final a esta chamada do PRR bastante exigente.

O projeto do Bairro Comercial Digital procurará a mobilidade inteligente, com uma nova gestão e monitorização dos fluxos de pessoas e veículos em tempo real, fomentando a fluidez e a harmonia de percursos, com novos caminhos pedonais e o aumento da mobilidade suave. O projeto prevê a existência de uma loja central do Bairro que servirá como unidade central, de gestão e monitorização, para tratar de todos os assuntos relativos ao Bairro que, com sensores ambientais e plataformas de visualização de ocorrências e outras, promova uma descentralização na gestão e organização da cidade nesta área comercial. Será criado um portfolio de serviços e equipamentos mais alargado, uma identidade visual partilhada, montras digitais, um conjunto de mobiliário urbano inovador, expansão da rede pública WiFi e 5G, e outro tipo de inovações com vista à criação de um espaço tecnologicamente avançado e com alto valor para a prestação de serviços ao cidadão e ao comércio tradicional, através do desenvolvimento de novas funcionalidades, da integração das Lojas com História, entre outras novidades, como por exemplo a utilização da realidade aumentada.

Numa sessão para a qual foram convidados todos os comerciantes do centro histórico, a Câmara Municipal apresentou as linhas gerais da candidatura já submetida e os resultados do inquérito realizado há um ano aos comerciantes e consumidores, que serviu de base para elaborar a manifestação de interesse e a candidatura final aos Bairros Comerciais Digitais.

Mais de 70% dos comerciantes responderam favoravelmente na adoção de tecnologias digitais ao serviço do comércio local. Mais de 95% dos consumidores em Viana do Castelo realizam atualmente compras online, enquanto apenas 34,4% dos comerciantes vende online, pelo que o consumo digital se apresenta como uma oportunidade para os negócios.

O atendimento, o contacto presencial e a forma personalizada como os comerciantes recebem os seus clientes não será substituída, mas o investimento no digital pretende melhorar experiências, modernizar e ir ao encontro do que os clientes procuram atualmente.

Este projeto vai criar novas experiências de consumo, promovendo novas interações e transações comerciais entre empresas e clientes, que incluem os turistas, criando sinergias agregadoras de valor e dinamizadoras para o centro histórico da cidade.

A Câmara Municipal criou um consórcio com a Associação Empresarial de Viana do Castelo, e outras parcerias com entidades locais, para construir este Bairro Comercial Digital, um projeto para unir a cultura histórica da cidade com os avanços tecnológicos que caracterizam as necessidades dos atuais e futuros consumidores, preparando os estabelecimentos para os desafios que surgem diariamente.

O Município irá promover o desenvolvimento e implementação das ações previstas no Plano de Ação do projeto, bem como disponibilizar os meios humanos e financeiros necessários ao seu sucesso. Já a Associação Empresarial irá ser responsável pela contratação de um Gestor do Bairro, previsto na candidatura, promovendor em conjunto com os comerciantes locais, várias medidas para formar, capacitar, divulgar e incentivar o uso das tecnologias digitais que serão disponibilizadas no Bairro.

Este projeto vai ajudar a criar uma nova centralidade, como se fosse um novo espaço público, com ruas comerciais mais sofisticadas, com novos motivos de interesse para as pessoas e empresas, que possam atrair também novos públicos e acontecimentos que aumentem e diferenciem positivamente o centro histórico vianense.

Foto: CMVC.

Atualidade

Barcelos: Petiscos de “comer e chorar por mais”

Fim de Semana dos Petiscos, de 19 a 21 de julho

Publicado

on

Está de volta a iniciativa “Fim de Semana dos Petiscos”. Este ano, a iniciativa promovida pelo Município e operacionalizada pelos Serviços de Turismo, decorre de 19 a 21 de julho e conta com a adesão de 21 restaurantes e tascas do concelho de Barcelos.

São petiscos de comer e chorar por mais, num fim de semana de experiências gastronómicas tradicionais irresistíveis. Para abrir o apetite, conheça as iguarias de que pode degustar: rojões, pataniscas, bifanas, polvo, taquinhos de bacalhau, chispes, codornizes, moelas, orelheira com molho verde, asinhas de frango, iscas de fígado com cebolada, pica-pau, ovos rotos, sardinha na brasa, bacalhau albardado, entre outros deliciosos petiscos que fundem tradição com inovação.

Restaurantes aderentes:

Adega Costa (Várzea); A Petisqueira Vilaça (Barcelos); Café Dias (Tamel S. Veríssimo); Café Paulista (Barcelos); Café Restaurante Luar (Gilmonde); Casa das Bifanas (Barcelos); Casa Sêmea (Arcozelo); Cozinha Regional de Barcelos (Várzea); Faty-Ferros (Arcozelo); Galo Wine & Tapas (Barcelinhos); Historial Caffé (Barcelos); Lounge Bar Xano (Barcelos); Restaurante Pérola (Barcelos); O Ás Restaurante (Barcelos); Taberna do Armindo (Remelhe); Tasca Sem Riscos (Rio Covo Santa Eulália); Tasquinha O Telheiro (Viatodos); Terraço dos Petiscos (Vila Boa); Tino Socorro (Alvelos); Três Marias (Barcelos), e Vera Cruz (Barcelos).

A par do Fim de Semana dos Petiscos, há um programa de animação que contempla o Trilho das Fontes, no sábado, dia 20 de julho, das 8h30 às 13h00. E entre as 14h e as 18h tem lugar a Prova Cega de Vinhos de Barcelos, no Solar de Vila Meã, em Silveiros.

As inscrições são obrigatórias e limitadas e podem ser efetuadas para turismo@cm-barcelos.pt ou 253 811 882.

Imagem: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: “25 de Abril: Rumo ao Cinquentenário” na Biblioteca Municipal

Publicado

on

A exposição “25 de Abril: Rumo ao Cinquentenário”, após itinerância pelas escolas do concelho de Anadia, encontra-se patente ao público na Biblioteca Municipal até ao próximo dia 28 de setembro.

A mostra, dirigida ao público em geral, é constituída por um conjunto de 11 painéis, complementados por um repositório digital ao qual se acede através da ativação de códigos QR.

Foi concebida com a coordenação científica do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20), da Universidade de Coimbra, com o design gráfico da licenciatura de Arte e Design da Escola Superior de Educação de Coimbra e com o apoio da Comissão das Comemorações dos 50 Anos da Revolução do 25 de Abril.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

São João das Lampas recebe mais uma edição das Exposições Caninas

Publicado

on

Sintra recebe a 41 ͣ Exposição Canina Nacional e a 39. ͣ Exposição Canina Internacional, no Largo 9 de Setembro, em São João das Lampas, de 26 a 28 de julho, com entrada livre.

Durante três dias poderá conhecer os melhores exemplares de raças oficialmente reconhecidas que serão avaliados por júris portugueses e internacionais. As exposições contarão, também, com a presença de canicultores oriundos de vários países da Europa.

Realizada desde 1982, a iniciativa conta com várias exposições monográficas e especializadas, cujo teor técnico e qualidade das edições anteriores, as definem já como um marco no domínio da Canicultura.

As Exposições Caninas regidas pelos regulamentos da Fédération Cynologique Internacionale (FCI) e do Clube Português de Canicultura, estão abertas à participação de exemplares de todas as raças e variedades oficialmente reconhecidas, registadas nos Livros de Origens ou com Registos Iniciais emitidos por organismos reconhecidos pela FCI.    

Este evento é organizado pela Comissão de Festas da Vila Velha, com supervisão técnica do Clube Português de Canicultura e conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, União de Freguesias de Sintra e da União das Freguesias de São João das Lampas e Terrugem.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas