Connect with us

Atualidade

Viana do Castelo assinala “X Semana do Mar” com visitas, ateliês, peddy-paper e atividades para escolas

Publicado

on

No âmbito do Dia Nacional do Mar, a Câmara Municipal de Viana do Castelo promove, de 13 a 19 de novembro, a “X Semana do Mar”, uma iniciativa que conta com diversas atividades promovidas para o público em geral e para as escolas, em parceria com diversas entidades do concelho.

O programa arranca na próxima segunda-feira, 13 de novembro, com visitas livres ao Centro de Mar, instalado na ré do navio Gil Eannes (10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00).

No dia seguinte, 14 de novembro, alunos do 2º e 3º ciclo e ensino secundário vão participar em visitas guiadas à lota de pesca da DocaPesca (14h15 às 16h15).

A 15 de novembro, a Casa dos Nichos é palco do peddy-paper “Mar”, para alunos do 1º, 2º, 3º ciclo e ensino secundário (14h15 às 16h15).

O ateliê “Mar de Tradições” está agendado para 16 de novembro, no Centro de Mar, para o ensino pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico (10h00 às 11h00).

A 17 de novembro, entre as 10h00 e as 11h30, o Centro de Mar recebe “Atividades agro-marítimas” para estudantes do 1º e 2º ciclo.

No dia 19 de novembro, o Centro de Mar volta a disponibilizar visitas livres. Ao longo da semana, tem patente a exposição “A biodiversidade conta-nos histórias”, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, para o público em geral.

A celebração do Dia Nacional do Mar teve origem na “Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar”, que entrou em vigor a 16 de novembro de 1994. Portugal ratificou o documento em 1997. Esta convenção é muito importante pois é a partir dela que são estabelecidos, entre outros, os limites marítimos inerentes à Zona Económica Exclusiva e à Plataforma Continental.

O Dia Nacional do Mar procura, assim, destacar a importância que o mar tem para a história e identidade de Portugal, bem como para a economia e desenvolvimento do país.

Imagem: CMVC.

Atualidade

Barcelos: Município esclarece situações que surgiram nas redes sociais

Sobre o Lago do Parque da Cidade e suposto abate de árvores junto ao rio

Publicado

on

Em nota enviada às redações, o Município de Barcelos esclareceu duas situações, que têm sido difundidas em redes sociais, uma sobre o Lago do Parque da Cidade e outra sobre abate de árvores junto ao rio [ndr: foto de destaque].

Segue, na íntegra, o esclarecimento:

«Perante informações, comentários e observações que correm nas redes sociais, e que não correspondem à realidade dos factos, a Câmara Municipal de Barcelos esclarece o seguinte:

1 – Lago do Parque da Cidade. Tendo-se verificado uma enorme e sistemática perda de água, foi decidido proceder a obras de resolução desse problema, aproveitando-se também esta oportunidade para realizar trabalhos de requalificação e melhoria daquele elemento decorativo e de apoio ao lazer no Parque da Cidade.

Os patos que estavam no referido lago foram transferidos atempadamente para as instalações do horto municipal.

2 – Abate de árvores na margem do Rio. Constatando-se a queda de uma árvore de grande porte na Frente Ribeirinha, após análise da situação, verificou-se que mais quatro choupos estavam em risco de queda iminente, devido à erosão provocada pelas correntes das águas do rio.

Perante essa possibilidade, foi decidido, por prevenção e para salvaguarda da segurança das pessoas, proceder ao abate de quatro choupos, os quais serão substituídos por amieiros e bétulas.

Recorde-se que, no decorrer deste ano, o Município de Barcelos, com a colaboração das Juntas de Freguesia e Associações, já plantou mais de 2.000 novas árvores no território concelhio.»

Foto: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Detido em flagrante por Roubo por esticão em Arroios

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 22 de novembro, pelas 12h35, na freguesia de Arroios, num empenho conjunto e dinâmico com a Divisão de Investigação Criminal e a 1ª Divisão Policial, procedeu à detenção, em flagrante delito, de um homem com 20 anos, por ser suspeito da prática do crime de roubo por esticão.

Um Polícia, que se encontrava de folga, ouviu uma mulher, num tom ofegante e bastante alto, a pedir auxílio para intercetar o suspeito, o qual, momentos antes, lhe havia subtraído, através de força física, o respetivo telemóvel. 

De forma abnegada, encetou, de imediato, perseguição ao suspeito, no intuito de o intercetar, algo que aconteceu, instantes depois, com total sucesso.

Após essa interceção, em ato contínuo, compareceu junto daquele um outro Polícia, o qual tinha acabado de sair de serviço, entretanto alertado por populares, a fim de prestar auxílio para a manietação efetiva do suspeito, o qual resistia ativamente, estando ainda na sua posse o telemóvel furtado. Assim que chegou a vítima ao arruamento da interceção, esta afirmou, perentoriamente, que aquele era o autor do roubo do seu telemóvel.

Posto isto, os Polícias solicitaram apoio para transporte do suspeito, a fim da formalização da detenção, o que veio a acontecer, com a colaboração de uma Brigada de Investigação.

O detido recolheu às salas de detenção do comando Metropolitano de Lisboa, a fim de ser presente a 1º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Loures: Prisão Preventiva por Violência Doméstica

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Loures, no dia 22 de novembro, na zona de Loures, deu cumprimento, a um mandado de busca e apreensão domiciliárias e um mandado de detenção fora de flagrante delito emitidos por Autoridades Judiciárias, tendo sido detido um homem de 38 anos, por ser suspeito da prática do crime de violência doméstica.

Ao detido, presente perante a competente Autoridade Judiciária no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Norte – Loures foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas