Connect with us

Atualidade

Conservas “Sabe a Mar”: Coloque na mesa das festividades a tradição de toda uma região

Publicado

on

Celebre as festividades com os sabores típicos Lusitanos e com a história de toda uma região. Adquira as conservas SABE A MAR, um projeto do centro comercial Aqua Portimão, que celebra a tradição conserveira, as gentes do mar e a história de Portimão.

Uma produção exclusiva de 2.500 unidades de sardinha em lata, feitas de forma artesanal e embaladas manualmente, seguindo uma receita com 100 anos de história. Parte das vendas revertem a favor do projeto Memórias com Sentido(s) da associação Alzheimer Portugal.

Se estiver fora do Algarve, não deixe de saborear este manjar. Pode encomendar através do site oficial e receber em casa, através dos CTT.

Se estiver pelo Algarve, passe no Aqua Portimão para adquirir as suas conservas. As mesmas estão à venda no Balcão de Informação do centro comercial que se encontra completamente decorado com o projeto.

O projeto

É na rua de São Pedro que está localizado o Aqua Portimão, centro comercial da Klépierre – proprietária e gestora de mais de 100 centros comerciais na Europa. Contudo, há 100 anos, nessa mesma localização, operava a Fábrica Boavista, uma conhecida conserveira. A história e as memórias do endereço que partilham foram o mote do novo projeto do centro comercial algarvio. ‘SABE A MAR’ é uma homenagem à tradição e cultura da cidade, que conta com a criação de dois produtos de edição limitada, que vão ser explorados em várias iniciativas culturais, culinárias e rubricas digitais.

As indústrias da pesca e das conservas contribuíram para o desenvolvimento urbano e económico de Portimão, associado ao surgimento das primeiras fábricas. É sob o rasto de história deixado pela antiga Fábrica Boavista que o Aqua Portimão transformou um produto tão familiar e histórico, como as sardinhas em conserva, num produto premium que promete levar Portimão além-fronteiras. ‘SABE A MAR’ dá nome a este produto, uma edição limitada sob a expressão “QUE JÊTE”, lançadas com o apoio da Câmara Municipal de Portimão e o Museu de Portimão, com 2.500 unidades, cuja parte das receitas vão reverter a favor do projeto Memórias com Sentido(s) da associação Alzheimer Portugal.

Estas conservas, que recuperam e conservam décadas de tradição, foram produzidas manualmente e com a mesma receita centenária usada na Fábrica Boavista, preparadas com dedicação pelos homens do mar, pela Conserveira do Arade e equipas Klépierre. As sardinhas em lata ‘SABE A MAR’ estão disponíveis em duas opções, limão e azeite virgem, dois sabores típicos e lusitanos.

Uma vez que a sardinha é a rainha, o projeto vai estender-se até à cozinha do prestigiado Chef Hugo Nascimento, que se juntou ao projeto para criar receitas exclusivas que destacam o sabor da sardinha e podem ser consultadas brevemente no site https://sabeamar-aquaportimao.pt/ .

Contudo, a história e tradição do Algarve não ficam pelo prato e há algo que fala mais alto: o sotaque tão característico e as expressões do seu povo, que passam de geração em geração. Neste contexto, o humorista David Cristina vai percorrer Portimão para conversar com as personagens mais carismáticas e descobrir as expressões locais mais características da identidade da região, numa rubrica digital que pode ser conhecida nas redes sociais.

O projeto ‘SABE A MAR’ vai ter a duração de três anos, ao longo dos quais vai explorar os diferentes eixos passando pela arte e cultura até à gastronomia. Para todos aqueles que pretendem puxar a brasa a esta sardinha, basta procurar as edições no quiosque de informações do Aqua Portimão, disponível por 5€, a unidade.

Foto: AP.

Atualidade

Anadia: Plenário da Rede Social dá parecer favorável à ampliação das respostas de creche em Aguim e Mogofores

Publicado

on

O Plenário do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Anadia reuniu os parceiros em sessão, esta quinta-feira, 02 de fevereiro, tendo dado parecer favorável aos projetos apresentados pelos Centros Sociais Nossa Senhora do Ó de Aguim e Maria Auxiliadora de Mogofores para o alargamento da resposta social de Creche, no âmbito das candidaturas apresentadas ao Plano de Recuperação e Resiliência.

O Centro Social Nossa Senhora do Ó de Aguim pretende alargar a resposta social em mais 10 lugares, enquanto que o Centro Social Maria Auxiliadora de Mogofores pretende ampliar a resposta de 35 para 41 lugares. O alargamento das valências vai implicar a reorganização dos espaços, por forma a satisfazer as necessidades e as solicitações.

No espaço de divulgação do CLAS, a Junta de Freguesia da Moita deu a conhecer aos parceiros a atividade “Freguesia Ativa”. A iniciativa que teve o seu início, no lugar de Ferreiros, promovida pela AVF – Associação de Voluntários de Ferreiros, vai ser agora alargada aos restantes lugares da Freguesia. Tem como intuito promover o bem-estar físico e mental da população sénior.

O Núcleo de Aveiro da Rede Europeia Anti-Pobreza deu a conhecer o projeto “Semana da Interculturalidade” que vai decorrer no mês de abril e tem como objetivo estimular o diálogo e a relação entre culturas.

A Delegação de Anadia da APPACDM aproveitou o Plenário para divulgar os cursos de formação profissional de Cozinheiro e Carpinteiro que vai promover a partir do mês de março.

O Município de Anadia destacou ainda a 2ª edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio – Jovens Empreendedores, cujo período para apresentação de candidaturas está a decorrer. A iniciativa é dirigida a jovens empreendedores, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, residentes no concelho de Anadia.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

Madeira: PSP regista 56 acidentes de viação entre 27 de janeiro e 02 de fevereiro

Dos acidentes resultaram 1 ferido grave e 6 ligeiros

Publicado

on

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira, relativamente à sinistralidade rodoviária verificada no período compreendido entre o dia 27 de janeiro e p dia 02 de fevereiro, registou um total de 56 acidentes de viação na Região Autónoma da Madeira, distribuídos pelos seguintes Concelhos: Funchal (22), Câmara de Lobos (5), Ribeira Brava (4), Calheta (3), Porto Moniz (1), São Vicente (3) Santana (3), Machico (3) e Santa Cruz (12).

Este número de sinistros resultou num total de 1 ferido grave (no Funchal) e, 6 feridos ligeiros (2 no Funchal, 1 em Câmara de Lobos, 1 em Santa Cruz e 2 em Machico).

As tipologias dos referidos acidentes de viação foram as seguintes: Colisão (33), despiste (20), atropelamentos (1), Outros (2).

Durante o referido hiato temporal, desenvolvemos uma série de operações de fiscalização rodoviária, que resultaram na materialização de 15 detenções por condução sob o efeito do álcool (7 no Funchal, 5 em Câmara de Lobos, 1 na Ribeira Brava, 1 em Machico e 1 em Santa Cruz), 7 detenções por condução sem habilitação legal (1 no Funchal e 2 em Câmara de Lobos, 2 em Machico e 2 em Santa Cruz) e 3 detenções por desobediência (1 no Funchal, por condução de veículo apreendido, e

1 por álcool e carta apreendida, 1 em Câmara de Lobos por recusa em efetuar o teste de alcoolemia, 1 na Ribeira Brava por condução antes das 12 horas, após submissão ao teste do álcool.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Viseu: Homem detido por condução sem carta

Publicado

on

No âmbito da prevenção rodoviária, através do patrulhamento auto e apeado, o Comando Distrital de Viseu da Polícia de Segurança Pública, através dos Polícias da Esquadra Sede, no dia 02 de fevereiro, pelas 17h45, na Rua dos Loureiros, deteve um cidadão de 29 anos de idade, por condução de motociclo sem habilitação legal para o efeito.

O detido foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas