Connect with us

Atualidade

Centro de Alto Rendimento recebe estágio de voleibol de praia

Publicado

on

Nem o tempo invernoso, que ‘finalmente’ parece ter assolado o País, demove as atletas de Voleibol de Praia de quererem continuar a trilhar o seu caminho, por vezes árduo, de preparação no Centro de Alto Rendimento de Voleibol de Praia (CARVP) da Federação Portuguesa de Voleibol, localizado em Cortegaça, freguesia do município de Ovar.

Sempre em atividade no CARVP, a Seleção Nacional de Seniores Femininos, constituída por Beatriz Pinheiro e Inês Castro, vai realizar, brevemente, um estágio com atletas estrangeiras.

Uma dupla sui generis já que mistura a irreverente juventude de uma atleta, a britânica Katie Keefe, de 19 anos – 9º lugar na última edição do Campeonato da Europa de Sub-20 –, com a experiência de outra, a italiana Giulia Rastelli, de 32 anos, jogadora de Voleibol de Praia, mas que também atua no Polonia SideOut London, equipa do campeonato inglês de Voleibol indoor.

Um momento importante para aferir, entre outros aspetos, a evolução dos atletas portugueses, tal como já tinha acontecido em estágios anteriores das seleções nacionais com duplas de Israel, Venezuela, Inglaterra e Paraguai.

A relevância do estágio, a realizar entre os dias 20 a 24 (de domingo a quinta-feira), é salientada pelo Selecionador Nacional, Ricardo Rocha: “Estes training camps nesta altura em que preparamos a época de 2023 são importantes principalmente para termos volume de jogo no treino e conseguirmos aferir o nível de jogo em que estamos, pontos fortes e fracos que temos de trabalhar nos próximos meses“.

Conscientes da mais-valia que constitui um momento destes, as próprias atletas mostram-se ansiosas com o intercâmbio desportivo: “Estamos muito entusiasmadas com o estágio. Como não estamos numa altura de competições, este tipo de momentos é muito bom para nós, pois ajuda-nos a começar a ganhar um certo ritmo de jogo, o que não é possível quando treinamos sozinhas“, salienta Beatriz Pinheiro, com Inês Castro a concluir que “encontramo-nos num período de preparação e fazer este tipo de estágios é ótimo para a nossa evolução e também para percebermos em que nível nos encontramos, o que nos ajuda a desenvolver as condições necessárias para uma boa participação nas futuras competições“.

Giulia Rastelli e Katie Keefe vão estagiar no CARVP – Cortegaça

O Centro de Alto Rendimento de Voleibol de Praia (CARVP) da Federação Portuguesa de Voleibol é uma instalação desportiva dotada das melhores condições para a prática do Voleibol de Praia, que recebeu já as finais dos Campeonatos Nacionais de Voleibol de Praia de 2020 e 2021, bem do Campeonato de Veteranos 2022 e estágios das duplas de Israel, Venezuela, Inglaterra ou Paraguai e etapas do circuito internacional de Voleibol de Praia.

O CARVP, que já estava a ser utilizado como base logística dos treinos de observação inseridos no processo de captação e deteção de talentos no Voleibol de Praia e na organização de provas nacionais e internacionais, continua a alargar a sua influência e, simultaneamente, a permitir a utilização das suas instalações por parte de outros interessados.

Deste modo, a FPV promove a realização de treinos abertos para captação de atletas com vista a municiar as Seleções Nacionais de Voleibol de Praia (atletas devidamente filiados na FPV), ao mesmo tempo que disponibiliza horários para treinos, abertos à comunidade em geral, no Pavilhão Gimnodesportivo de Cortegaça.

O CARVP, que acolheu a realização de uma etapa do Circuito Mundial em 2021 na sua estreia a nível internacional, continua a merecer a confiança e o interesse dos organismos que regem a modalidade a nível planetário e acolheu, em agosto deste ano, uma etapa do Volleyball World Beach Pro Tour: o Beach Pro Tour Cortegaça Futures.

Foto: FPV.

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

“Via Alternativa” traz Hip-Hop e Drum’n’Bass ao centro histórico de Viana do Castelo

Publicado

on

No próximo dia 22 de junho, sábado, Viana do Castelo vai receber o “Via Alternativa”, um encontro músico-cultural único que terá lugar na Praça da República e promete uma experiência inovadora, reunindo duas culturas vibrantes, o Hip-Hop e o Drum’n’Bass.

Das 14h30 às 03h00 da manhã, a Praça da República será palco de uma série de atividades emocionantes, incluindo workshops de produção, conferências e sessões de autógrafos, batalhas de rap, concertos de hip-hop e DJ Set de Drum&Bass.

Nos Workshops de Produção a proposta é para que o público aprenda as técnicas e segredos da produção musical com profissionais da área. Nas Conferências e Sessões de Autógrafos, a ideia passa por permitir ao público a interação com os artistas, conseguindo autógrafos exclusivos.

Nas Batalhas de Rap, o convite é para que participe ou assista a intensas batalhas de rap que destacarão talentos emergentes. Já nos Concertos de Hip-Hop e DJ Set de Drum&Bass, desfrute de atuações ao vivo que combinarão ritmos e estilos de maneira única.

As inscrições para participar nas batalhas de rap estão abertas até ao dia 16 de junho no site oficial da Câmara Municipal de Viana do Castelo. Inscrições aqui: https://www.cm-viana-castelo.pt/via-alternativa-batalhas/

O programa arranca pelas 14h30, com Conferência HipHop, Workshops de Produção HipHop e Sessão de Autógrafos no 1º Piso dos Antigos Paços do Concelho.
O programa inclui uma conferência esclarecedora sobre a cultura HipHop e o Drum&Bass, seguida de workshops envolventes sobre técnicas de produção.

Das 16h30 às 19h00 acontecem as Eliminatórias das Batalhas. A partir das 21h15, atuação de Di Ponti, artista vianense que promete contagiar o público ao som do seu mais recente trabalho.

Às 22h10, arranca a Semifinal, seguida de Final das Batalhas. Às 23h10, atuação de NTS, o rei do improviso RAP em Portugal, que atua pela primeira vez em Viana do Castelo.

Pelas 00h15, Levi Roses DJ Set (Drum&Bass), seguido de FatCap DJ Set (Drum&Bass), à 1h30, DJ e produtor natural de Viana do Castelo que irá fechar esta primeira edição do Via Alternativa.

Imagem: CMVC.

Continuar a ler

Atualidade

PSP recolhe cegonha ferida em Leiria

Publicado

on

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Esquadra de Marrazes, recolheu, ao final da tarde de terça-feira, uma cegonha que se encontrava ferida.

A cegonha foi avistada a deambular num terreno agrícola, na localidade de Sismarias, Marrazes, por uma cidadã que, depois de se aproximar da ave, verificou que esta apresentava um ferimento na asa direita, o que, possivelmente, a impediria de voar, motivo pelo qual decidiu dar o alerta para o Centro de Comando e Controlo da Polícia de Segurança Pública de Leiria.

Depois da recolha, a cegonha foi transportada por uma equipa da Brigada de Proteção Ambiental (BriPA) da PSP de Leiria para o Centro de Interpretação das Serras de Aire e Candeeiros, em Porto de Mós, de onde seguirá para o Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Montejunto para que possa ser reabilitada e posteriormente colocada novamente em liberdade.

Foto: PSP.

Continuar a ler

Atualidade

Surfista biamputado e campeão mundial de triatlo visita Lagos

Brasileiro Pauê perdeu as duas pernas aos 18 anos, numa linha de comboio. Fará uma palestra gratuita e workshop na praia de Porto de Mós no dia 17 de junho

Publicado

on

No dia 8 de junho de 2000, o brasileiro Pauê sofreu um grave acidente numa linha de comboio desativada em São Vicente, Brasil. Era um percurso que fazia quase diariamente. Tinha, na altura, 18 anos e perdeu as duas pernas. Hoje, com 41 anos, é um exemplo de superação e o único surfista biamputado do mundo, tendo sido campeão mundial de triatlo (natação, ciclismo e corrida). Licenciado em Fisioterapia, já realizou mais de 2000 palestras, nas quais relata o seu percurso, fazendo uma correlação com o dia a dia das pessoas, levando mensagens de otimismo, motivação, adaptação, determinação, coragem, gestão de dificuldades e superação.

Na próxima segunda-feira, 17 de junho, pelas 10h00, estará em Lagos, na praia de Porto de Mós, para uma palestra aberta ao público e workshop de surf. O objetivo é contar a sua história a alunos de várias escolas de surf do concelho, assim como à população em geral, e explicar como o surf salvou a sua vida e foi determinante no processo de recuperação e reintegração social. A ação, organizada pela autarquia lacobrigense, é aberta ao público de todas as idades e visa reforçar a ligação de Lagos à modalidade surf e à importância dos temas da inclusão social, desporto jovem e superação.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas