Connect with us

Atualidade

Orquestra Metropolitana de Lisboa celebra 30 anos com um dia cheio de música no Centro Cultural de Belém

Publicado

on

A Metropolitana celebra 30 anos de existência. Para lá de ser um número redondo, são já muitos anos de experiência e provas dadas. “Em 1992, era uma iniciativa visionária. Hoje, é um projeto que continua a dar certo”, salienta a Orquestra. Conquistou um selo de qualidade consensualmente reconhecido, graças à proficiência e entusiasmo de todos aqueles que, de qualquer modo e em diferentes períodos, contribuíram para que se tenha aqui chegado. “Mas trata-se, acima de tudo, de um projeto de futuro, porque a sua oportunidade também cresceu ao longo do tempo. As características singulares que o distinguem trouxeram-lhe uma posição imprescindível no panorama musical do nosso país”, continua.

“Os desafios são agora diferentes daqueles de início. Porém, quanto se tem consciência do imenso valor que tem a prática musical, sobretudo em formações de conjunto como a orquestra, e sabendo tudo aquilo que ela representa numa sociedade que se pretende harmoniosa, torna-se evidente que resta tanto mais por fazer”, sublinha. “Porque merece ser celebrada”, a Metropolitana convida todos para irem ao Centro Cultural de Belém neste domingo de julho, dia 10, entre as 10h00 e as 18h00. Encontrarão músicos de hoje e de amanhã, em maioria formados nas suas escolas.

Para lá das orquestras do Conservatório, da Escola Profissional e da Academia, o maestro Pedro Neves e a violinista Ana Pereira apresentam-se à frente da Orquestra Metropolitana de Lisboa num programa com música de Prokofiev mas, também, de um compositor português que já estreou mais de uma dezena de obras com a Metropolitana. Desta vez, Sérgio Azevedo estreia Le Tour de Passe-Passe, Concerto para Violino e Orquestra.

Os concertos são de entrada livre mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CCB, a partir das 9h00 do dia 10 de julho.

Programação completa do Dia da Metropolitana

10h00, Grande Auditório

Piccola Orquestra Metropolitana

Orquestra Juvenil de Santa Maria Maior

Coros do Conservatório de Música da Metropolitana e da Escola Profissional da metropolitana

Programa a anunciar

11h30, Caminho pedonal

Conversa moderada pelo Professor Rui Leitão com músicos da Metropolitana

11h00, Praça

Coro do Conservatório da Metropolitana

Saxofones da Metropolitana

Programa a anunciar

12h00, Grande Auditório

Orquestra Clássica da Metropolitana

Camille Saint-Saëns:  Introduction et Rondo Capriccioso (1)

Georges Bizet/François Borne: Fantasia Brilhante sobre Temas da Carmen (2)

Nicolai Rimsky-Korsakov: Capricho Espanhol, Op. 34

(1) Nuno Rodrigues violino (vencedor do Concurso EPM/INATEL 2021)

(2) Inês Alves flauta (vencedora do Concurso EPM/INATEL 2022)

Reinaldo Guerreiro maestro

14h30, Caminho pedonal

Conversa moderada pelo Professor Rui Leitão com professores da Metropolitana

14h00, Praça

Percussões da Metropolitana

[Programa a anunciar]

15h00, Grande Auditório

Orquestra Académica Metropolitana

W. A. Mozart: Andante para Flauta, KV 315 (1)

W. A. Mozart: Allegro, 1º And. do Concerto para Trompa Nº 3, KV 447(2)

A. Copland: A Quiet City (3)

A. Dvořák: Florestas Silenciosas (4)

M. Ravel: Tzigane (5)

Solistas

(1) Rossana Valente flauta;

(2) Armando Martins trompa

(3) Sara Dias Corne Inglês, João Moreira trompete

(4) Raquel Reis violoncelo

(5) Vítor Vieira violino

Jean-Marc Burfin e Maestros Licenciados pela ANSO (Afonso Teles, José Brito, Alberto Roque e Miguel Sepúlveda)

16h30, Caminho pedonal

Conversa moderada pelo Professor Rui Leitão com ex-alunos da Metropolitana

16h00, Praça

Orquestra de Sopros da Metropolitana

Johan de Meij: Extreme Beethoven

Reinaldo Guerreiro maestro

17h00, Grande Auditório

Apresentação da Temporada 2022/2023

Orquestra Metropolitana de Lisboa

Sérgio Azevedo: Le Tour de Passe-Passe, Concerto para Violino e Orquestra (obra em estreia *)

S. Prokofiev: Sinfonia Nº 1, Clássica

Ana Pereira violino

Pedro Neves maestro

* Encomenda da Metropolitana

18H30, Praça

Ensemble de Metais e Percussões

[Programa a anunciar].

Imagem: OML.

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

Barcelos: Música, Teatro, Cinema e Dança no Theatro Gil Vicente

Programação de fevereiro

Publicado

on

Música, dança, teatro e cinema preenchem a programação do mês de fevereiro do Theatro Gil Vicente, que acolhe, já no dia 5 de fevereiro, às 16h00, a rubrica “Em família no TGV”, com a companhia “teatromosca” a apresentar a peça “Odeio a minha irmã” – espetáculo dividido em duas performances com textos do dramaturgo e encenador francês Sébastien Joanniez.

Ainda no que respeita a teatro, os mais novos podem assistir, no dia 18 às 16h00 e 21h30, e no dia 19, às 16h00, à peça “Gato das Botas”, pela Jangada Teatro. Entretanto, no dia 26, há ainda lugar para duas sessões de teatro para bebés (dos 3 meses aos 3 anos), às 10h00 e às 11h30, com apresentação da peça “Atelier teatrada”, encenada pela companhia “Marias Catrapumbas”.

Para os mais crescidos, o Theatro Gil Vicente recebe, no dia 11 de fevereiro, às 21h30, Ruy de Carvalho, figura máxima do Teatro em Portugal, que vem apresentar “Ruy, a história devida”, pela Yellow Star Company. No dia 25, às 21h30, é a vez do ator António Capelo apresentar o monólogo “Ninguém”.

Música e Cinema

No domínio musical, a sala de espetáculos do Gil Vicente recebe dois concertos promovidos pelo ‘triciclo’: o primeiro realiza-se no dia 9, às 22h00, com “Casper Clausen – Efterklang”, e o segundo – “Electrolab – serviço educativo” – acontece no dia 24 de fevereiro, às 22h00, produzido por um grupo de músicos de Barcelos que se juntou ao Laboratório de Robótica de Macieira de Rates. Este projeto junta automatismos, linhas de código, instrumentos convencionais, ferramentas do dia a dia e objetos obsoletos.

Quanto a cinema, o Cineclube Zoom leva ao Theatro Gil Vicente dois filmes: “A Vida de uma Mulher”, no dia 7 de fevereiro; e, no dia 14, “A Mulher que eu Abandonei”, ambos do autor Yasuzô Masumur. As sessões são às 21h30, e os bilhetes têm um custo de 3,5 euros.

O dia 26 é dedicado à dança, pelo que, às 18h00, pode assistir ao espetáculo “A Fada das Cores”, pela Escola de Dança de Barcelos.                                                           

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de fevereiro, a Igreja do Terço recebe, no dia 4, às 21h30, o concerto “Noites de Fado”, por Liliana Macedo.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Imagem: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Mochila apreendida por apropriação ilegítima

Mais uma ocorrência

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, no dia 28 de janeiro, apreendeu, a um homem com 50 anos de idade, uma mochila deixada por esquecimento no interior de viatura táxi.

O denunciante, ao chegar a Lisboa, deslocou-se para a praça de táxis do aeroporto e, dali, seguiu para a Moita, apercebendo-se, pouco depois de chegar, que deixara esquecida, no interior da viatura, uma mochila de sua propriedade. Tentou, em vão, o contacto com o condutor, optando, depois, por denunciar o assunto à PSP do Aeroporto, descrevendo o seu conteúdo.

Pelas diligências garantidas pela PSP, conseguiu-se chegar à identificação do condutor da viatura que referiu ainda não ter entregue o artigo por o seu veículo estar na oficina.

Após este contacto policial, foi possível garantir a entrega do artigo deixado esquecido na viatura.

Quando da abordagem policial, foi possível apreender a mochila, contendo, no interior, um computador portátil e um disco externo.

Os bens apreendidos, avaliados em cerca de 1.100 euros, foram entregues ao seu legítimo proprietário.

O denunciante prescindiu do procedimento criminal contra o suspeito.

A PSP aconselha: garanta sempre que viu o habitáculo do veículo onde circulou, assegurando-se que nada ficou esquecido no seu interior.

Ocorrência

A Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 30 de janeiro, pelas 16h00, na freguesia de Algés, procedeu à detenção de um homem, com 29 anos, por existir sobre o mesmo um mandado de detenção.

No âmbito da fiscalização aos estabelecimentos, na Estação do Ferroviária de Algés, os Polícias avistaram o suspeito e, ao solicitarem documento de identificação, apuraram que tinha um mandado de detenção, para cumprimento de 5 cinco meses de prisão efetiva. O detido, condenado pela prática de um crime de Desobediência, foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa, para cumprimento de pena aplicada.

Foto: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Lisboa: Jovem detido por tráfico de estupefaciente no Areeiro

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 5ª Divisão Policial, no dia 30 de janeiro, pelas 15h13, na freguesia de Areeiro, procedeu à detenção, em flagrante delito, de um jovem de 21 anos de idade, por ser suspeito da prática de um crime de tráfico de produto estupefaciente.

Os Polícias efetuavam patrulhamento numa zona urbana sensível, quando constaram um indivíduo sentado numa cadeira que, ao avistar os mesmos, iniciou marcha acelerada em direção aos patamares superiores.

Ao deslocarem-se até ao primeiro andar, ao encontro do suspeito, visualizaram o mesmo a largar, da sua mão direita, um saco de plástico que verificaram conter, no seu interior, várias embalagens de pequenas dimensões com produto suspeito de ser estupefaciente.

Após revista ao suspeito, foi possível detetar na sua posse 160 euros em dinheiro, tendo sido encaminhado à subunidade policial.

Da ação policial resultou a apreensão de: 50 doses de haxixe e 160 euros em numerário

O detido foi presente a Autoridade Judiciária tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Apresentações Semanais.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas