Connect with us

Atualidade

Festival Literário de Bragança regressa com homenagem ao centenário de José Saramago

Publicado

on

O Festival Literário de Bragança (FLB) regressa ao seu formato presencial, de 25 a 28 de maio, e assinala o centenário do nascimento de José Saramago, prémio nobel da literatura. Violante Saramago Matos e Ana Matos, filha e neta do escritor, marcarão presença neste evento literário que, conta com grandes autores lusitanos como Gonçalo M. Tavares, vencedor do primeiro prémio José Saramago, André Osório, David Machado, Luís Osório, Sónia Borges, entre outros.

Organizada pelo Município de Bragança e pela Academia de Letras de Trás-os-Montes, com a colaboração da Fundação José Saramago e com produção da Editorial Novembro, a 6ª edição do FLB pretende ser uma homenagem a um dos maiores vultos da literatura em Portugal, José Saramago. Bragança, a terra por onde passou, em 1979, e na qual redigiu alguns dos mais icónicos textos da “Viagem a Portugal”, evoca e homenageia a memória de um escritor intemporal. Para isso, o FLB conta com uma série de momentos e ações diferenciadas, que vão desde a apresentação de livros e exposições, a conversas e peças de teatro.

Uma homenagem próxima, protagonizada por amigos e entes queridos do célebre escritor. Dia 25 de maio, quarta-feira, a Biblioteca Municipal recebe a inauguração da exposição “Abraço a Saramago”, de Violante Saramago Matos, artista e filha do “nobel português”. Uma coletânea de obras com forte componente afetiva, numa abordagem íntima à obra do próprio pai, recriando trechos literários que se cruzam com o pincel. Mais tarde, no mesmo local, a filha e a neta de Saramago, Ana Matos, cruzam-se numa conversa familiar sobre o “ADN-Saramago”, com moderação da jornalista Cristina Margato.

Dia 26, quinta-feira, há, também na Biblioteca Municipal, um espetáculo literário, destinado a famílias, com o mote: “Seguindo pelas páginas de Saramago”, de Rui Ramos. No mesmo local, “Evocação a Saramago nos 100 anos do seu nascimento” reúne três conhecedores da vida e obra do escritor: Cândido Oliveira Martins, Professor da Universidade Católica, Carlos Nogueira, Investigador CEL e Professor da UTAD, e João Cabrita, Investigador e Doutor em Filologia Portuguesa, numa conversa com moderação do jornalista João Céu e Silva.

Dia 27 de maio, sexta-feira, Violante Saramago Matos regressa para o lançamento do livro “De Memórias nos Fazemos”, com apresentação do jornalista e escritor Luís Osório. À noite, o Teatro Municipal de Bragança espera sala cheia para assistir à peça “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, baseada na mítica obra de José Saramago, com encenação e adaptação de Luís Trigo. Espetáculo que terá, também, uma sessão reservada e exclusiva para alunos do ensino secundário.

O Festival Literário de Bragança prevê, também, à margem das comemorações do centenário de Saramago, uma série de ações de divulgação e incentivo à literatura junto da comunidade, tanto no meio urbano, como rural. Nesse âmbito, presença a assinalar é a de Gonçalo M. Tavares, escritor premiado em Portugal e no Estrangeiro, que, em Bragança, além de diversos encontros com a comunidade (25 e 26 de maio), ministrará um breve curso de “Leitura e Imaginação” a dois momentos, um primeiro sujeito a inscrição, na Biblioteca Adriano Moreira, e outro de entrada livre, no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais. Para a comunidade escolar, a iniciativa “O Escritor Vai à Escola” levará, ao encontro direto dos alunos, autores como Sónia Borges, Maria Rouco e David Machado. Além das escolas, o FLB prevê ações nos Estabelecimentos Prisionais do concelho, com sessões de risoterapia (uma técnica psicoterapêutica que produz benefícios mentais, físicos e emocionais mediante o riso), dinamizadas pela autora Manuela Bulcão, com base na obra “A Felicidade Sou Eu”.

O dia de encerramento do FLB (28 de maio) será marcado pela celebração da literatura transmontana, com destaque para os autores associados da Academia de Letras de Trás-os-Montes. Assim, a Biblioteca Municipal receberá uma “Sessão de Poesia e Prosa”, com os autores Idalina Brito, Lourdes Graça, Guida Nunes, Aires Diniz, Ana Freitas, Paulo Salgado, Manuela Carvalho e Artur Coimbra, com moderação de Carla Guerreiro. De seguida, a apresentação da obra “Academia de Trás-os-Montes – Memórias de uma década”, por Assunção Anes Morais e Odete Ferreira. Por fim, serão homenageados aos associados honorários e falecidos da Academia.

Além da literatura e da arte, haverá espaço para música, com apontamentos musicais agendados para a sessão de abertura oficial e para o encerramento do FLB, a cargo do Coro BriCoirT, do Conservatório de Música e Dança de Bragança, e da atuação, a piano e voz, da Professora Isabel Castro e do pianista Alexis Alves.

Os palcos deste Festival Literário são a Biblioteca Municipal de Bragança e a Biblioteca Adriano Moreira, o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, o Teatro Municipal de Bragança, o Auditório Paulo Quintela, os Estabelecimentos Prisionais de Bragança e Izeda, os três Agrupamentos de Escolas de Bragança (Abade de Baçal, Emídio Garcia e Miguel Torga) e na vila de Izeda. Um evento literário, que liga diferentes locais e instituições do concelho, do meio urbano e rural, posicionando esta como uma das mais dinâmicas e descentralizadas edições do certame.

Imagem: CMB.

Atualidade

Força Aérea resgata um casal e um gato ao largo de Porto Santo

Missão realizada em alto mar

Publicado

on

A Força Aérea resgatou, na manhã de 08 de dezembro, duas pessoas e um gato quando se encontravam a bordo de um veleiro a 257 km da ilha do Porto Santo.

O casal navegava em alto mar quando a embarcação ficou sem leme e sem piloto automático. Para a missão foi destacado o helicóptero EH-101 Merlin, da Esquadra 751 – “Pumas”, em alerta permanente naquela ilha do Arquipélago da Madeira.

Com o casal fora da embarcação, também a tripulação de alerta resgatou um gato, o animal de estimação que seguia no veleiro.

Com os três a bordo do helicóptero, o EH-101 Merlin seguiu para Porto Santo, tendo o casal sido encaminhado para a unidade de saúde local.

Foto: Frame do vídeo de resgate.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Município lança concurso público para construção de 16 habitações em Ancas

Publicado

on

O Município de Anadia aprovou, na sua reunião de executivo, no passado dia 7 de dezembro, a abertura de um concurso público para a construção de 16 fogos, no loteamento da Quinta do Rangel, em Ancas, no âmbito da Estratégia Local de Habitação. A empreitada tem o valor base de 2.189.865,87 euros, acrescido de IVA, com um prazo de execução de 24 meses.

Esta intervenção tem como objetivo a construção de habitações para resolver situações de pessoas e agregados familiares que vivem em condições habitacionais indignas, promovendo, assim, a melhoria da sua qualidade de vida.

Recorde-se que a Estratégia Local de Habitação foi aprovada pela Assembleia Municipal de Anadia, no âmbito da qual se encontram sinalizadas as situações de carência habitacional existentes no seu território e definidas as soluções habitacionais nas quais se devem enquadrar todos os pedidos de apoio ao abrigo do 1º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação que visa apoiar a promoção de soluções habitacionais para pessoas que vivem em condições habitacionais indignas e que não dispõem capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação adequada.

Ainda neste âmbito, foi também assinado um Acordo de Colaboração entre o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana e o Município de Anadia que define as condições de implementação das soluções habitacionais, a partir do qual foi celebrado um Contrato de Comparticipação com o objetivo de conceder um apoio financeiro não reembolsável destinado a financiar a realização do projeto da construção dos 16 fogos no Loteamento da Quinta do Rangel, em Ancas.

Imagem: DR.

Continuar a ler

Atualidade

BYSTEEL fecha contrato de €7.6M para revestir edifício sustentável no centro de Londres

Edifício Worship Square será bandeira verde em construção e operação, com empresa a reforçar crescimento e presença no Reino Unido

Publicado

on

A bysteel fs, empresa do dstgroup, fechou um contrato de €7.6M para revestir o Worship Square, um dos edifícios comerciais de escritórios mais sustentáveis, inteligentes e saudáveis de Londres, num projeto da promotora HB REAVIS e que reforça a aposta da empresa portuguesa no Reino Unido.

Neste empreendimento, a bysteel fs será responsável pelo envelope arquitetónico completo que inclui mais de 5 mil m² de fachadas e todo revestimento do edifício num personalizado ladrilho terracota, assegurando o posicionamento da empresa na liderança em projetos pioneiros e exigentes.

Localizado no coração do movimentado distrito tecnológico de Londres, o Worship Square estabelecerá um novo referencial de sustentabilidade e será NetZeroCarbon durante todo o seu ciclo de vida, em construção e operação.

“No edifício Worship Square estamos a trabalhar na linha da frente da construção sustentável, desafiando os standards e promovendo soluções mais ambientais. Estamos claramente a trabalhar à frente do tempo atual, com uma exigência e rigor que motiva as nossas equipas e reforça o nosso posicionamento de líder no segmento da construção e arquitetura de alto valor”, revela Rodrigo Araújo, administrador da bysteel.

O Worship Square terá nove andares e um espaço de 140 mil metros2 de espaço de escritórios, com capacidade para criar mil espaços de trabalho. Estabelecerá uma nova referência para espaços de trabalho verdadeiramente sustentáveis, promovendo metas ambientais e de bem-estar.

O empreendimento foi concebido para reduzir o carbono incorporado em mais de 50%, em comparação com as referências atuais do setor, e manterá a neutralidade carbónica também em operação. Estará livre de plásticos de uso único, além de ser totalmente elétrico.

Além disso, o elemento natureza estará sempre presente com a integração no edifício de mais de 3.200 plantas de 49 espécies diferentes num design biofílico que criará um “coração verde” desde a sua entrada.

Os trabalhos da bysteel fs no Worship Square deverão estar terminados em outubro de 2023, estando prevista a conclusão do edifício para o início de 2024.

Este projeto confirma a estratégia de expansão em curso no mercado do Reino Unido: “Queremos desenvolver este mercado, muito particular em Londres, um polo de inovação, graças às grandes movimentações económicas e sociais que concentra. Temos outras obras em curso, como a extensão do prestigiado hotel de 5 estrelas Berkeley Hotel e que já está em fase de montagem avançada. Queremos ser a primeira escolha!”, sublinha Rodrigo Araújo.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas