Connect with us

Atualidade

Cascais: Apreensão de Armas e Munições

Mais ocorrências

Publicado

on

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Cascais, no dia 30 de novembro, pelas 07h00, no Bairro da Torre, em Cascais, deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão para uma arrecadação situada no exterior de um prédio.

Em resultado da diligência, os Polícias procederam à apreensão do seguinte: 1 pistola STARTER, de marca EM-GE, modelo 60, calibre 6mm; 1 coldre, próprio para acondicionar arma de fogo; 1 arma de ar comprimido, bem como 2 caixas metálicas contendo um número indeterminado de projéteis de calibre 4.5mm; 1 caixa em plástico, contendo no seu interior 74 munições de calibre .22mm; 1 caixa em plástico, contendo no seu interior 50 munições de calibre .22mm; e 1 caixa em plástico, contendo no seu interior 21 munições de calibre .22mm.

De referir, ainda, que a referida arrecadação estaria a ser utilizada por desconhecidos para a guarda de armas, munições e produtos estupefacientes, sendo que está em investigação no âmbito de inquérito, no DIAP do Tribunal de Lisboa Oeste – Cascais.

Mais ocorrências

A Divisão de Segurança Aeroportuária, nos dias 29 e 30 de novembro, procedeu à detenção de dois, homens com 54 e 29 anos, respetivamente, por serem suspeitos da prática do crime de posse de arma proibida.

Os suspeitos, passageiros de voos, foram abordados pelos Polícias depois de, no rastreio de bagagem de cabine, se aperceberem de poder existir objetos proibidos.

Aquando das abordagens foi possível apreender o seguinte item: Duas armas brancas dissimuladas – Cardsharp.

Questionados sobre a posse das referidas armas, ambos declararam serem suas.

Aos suspeitos foi dada voz de detenção, constituídos arguidos, tendo sido prestado termo de identidade e residência. Confrontados com a possibilidade da suspensão provisória do processo, mediante o pagamento de 1 unidade de conta no valor de 102 euros, os suspeitos concordaram efetuar o pagamento do respetivo montante, a qual por sua opção vai reverter a favor da Instituição “ASSOCIAÇÃO CASA NOVA”.

No dia 29 de novembro, procedeu à detenção de um homem, de 46 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de ato ilícito a bordo de aeronave.

À chegada dos Polícias, o suspeito estava ainda dentro da aeronave e já se encontrava imobilizado com as mãos atrás das costas. De cordo com o apurado, o passageiro durante o voo não respeitou as instruções da tripulação e praticou violência verbal, ameaça e coação para com a tripulação da aeronave, colocando com a sua conduta em perigo a segurança do voo, dos seus tripulantes e alarmando os restantes passageiros, perturbando o seu normal decorrer, sendo, no destino, entregue nessa condição sob detenção.

O passageiro exalava um forte odor a álcool, e o seu comportamento aparentava estar num estado de embriaguez, havendo ainda registo, segundo report do comandante, de consumo de álcool durante o voo.

O detido foi notificado para comparecer no Campus de Justiça.

No dia 30 de novembro, pelas 18h38, procedeu à detenção de um homem de 35 anos, por ser suspeito da prática do crime de Furto em Estabelecimento Comercial (Lojas Portugal Duty Free).

O suspeito, passageiro de um voo, foi abordado pelos Polícias que perceberam que o mesmo tinha na sua posse uma garrafa de bebida espirituosa e dois perfumes, em caixa, selados.

Indagado, referiu ter-se eximido ao seu pagamento.

Seguiram-se outras diligências porque havia conhecimento de ser suspeito da prática destes factos em momento anterior, vindo a perceber-se que já havia estado no Aeroporto, na qualidade de passageiro, durante a manhã. Na bagagem de porão que havia, entretanto, despachado, estavam também outros artigos produto de furto naquelas mesmas lojas.

Foram apreendidos os seguintes artigos no valor total superior a 6 200,00 Euros: 1 garrafa de bebida espirituosa; 3 polos; 2 iPods; 2 óculos de sol; e 40 frascos de perfume de reconhecidas marcas.

Os artigos foram entregues ao responsável de loja e o passageiro recebeu voz de detenção. Por não ter residência em Portugal e por ser passageiro de voo, recolheu às salas de detenção do COMETLIS para ser presente na Instância Local Criminal de Lisboa – Seção de Pequena Criminalidade | Campus de Justiça.

A Divisão de Segurança a Transportes Públicos, no dia 30 de novembro, pelas 10h20, na freguesia do Rio de Mouro, procedeu à detenção de um homem, com 19 anos, por ser suspeito da prática do crime de posse de arma branca.

Na Estação Ferroviária de Rio de Mouro, os Polícias avistaram o suspeito a sair da zona paga em passo bastante acelerado e, ao se deparar com o dispositivo policial junto das portas de saída, abrandou a sua marcha, tentando desviar a sua direção inicial, demonstrando, de imediato, algum nervosismo e inquietação, motivo esse que levou à sua interceção e abordagem preventiva.

Após a abordagem e questionado o suspeito se teria algo de ilícito na sua posse, o mesmo respondeu que tinha “uma faca” para autodefesa, a qual transportava numa mala.

Efetuada uma revista sumária, veio-se a apurar que tinha na sua posse um punhal.

O detido foi notificado para comparecer no Tribunal Comarca de Sintra.

Foto: PSP.

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

Anadia: “Concertos de Primavera” estão de regresso

Publicado

on

André Sardet, Miguel Ângelo e Ana Bacalhau são os artistas convidados da edição 2023 dos “Concertos de Primavera” que terão lugar, nos meses de março, abril e maio, no Cineteatro Anadia.

O cantor e compositor André Sardet abre o ciclo de concertos, no dia 25 de março, pelas 21h00. O artista irá partilhar com o público os seus êxitos acumulados, ao longo de uma carreira de 25 anos, dedicados às canções. André Sardet é hoje um nome unanimemente reconhecido pela crítica e pelo público no panorama musical português. 

O ciclo prossegue, no dia 15 de abril, com a atuação de Miguel Ângelo. O líder carismático de uma das maiores bandas pop portuguesas de sempre, Delfins, apresentando temas da sua carreira a solo, sem esquecer algumas das canções mais emblemáticas daquela banda.

O último concerto está agendado para 27 de maio com a atuação de Ana Bacalhau, considerada uma das mais talentosas e inovadoras cantoras da sua geração. Apresenta-se em formato acústico e intimista e interpreta temas dos seus trabalhos a solo, bem como algumas das grandes canções dos Deolinda, verdadeiros hinos de uma geração.

À semelhança do que tem acontecido em edições anteriores, os concertos serão acústicos e terão um formato intimista, possibilitando a interação com o público, num ambiente descontraído. Os artistas têm, assim, a oportunidade de partilhar, com a audiência, histórias e curiosidades associadas à composição de um tema ou a algum episódio memorável, sendo esta a matriz comum aos três “Concertos de Primavera”.

Os bilhetes podem ser adquiridos no Cineteatro Anadia às sextas-feiras e sábados, das 19h30 às 23h00, e no dia de espetáculos, a partir das 14h00. Os ingressos para os espetáculos têm um custo de 14,00€ (1ª plateia), 12,00€ (2ª plateia) e 10,00€ (balcão e lugares para pessoas com mobilidade reduzida, em cadeira de rodas). Podem ainda optar pelo bilhete geral, com acesso aos três concertos, pelo valor de 35,00€, na 1ª plateia. Os ingressos encontram-se, também, disponíveis na bilheteira online – BOL (www.bol.pt), na Fnac, Worten e noutros postos BOL.

Imagem: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

Embalagens sustentáveis para padarias e pastelarias em foco em novo webinar

Dia 08 de fevereiro, entre as 14h30 e as 16h30

Publicado

on

Incluído numa série de webinars que se encontram a ser promovidos no âmbito do projeto S4agro durante o corrente mês de fevereiro, o Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), juntamente com seus parceiros, promove no próximo dia 8, das 14h30 às 16h30, o webinar “Embalagem Primária Sustentável no Subsetor dos Produtos de Padaria e Pastelaria”.

Dirigido às empresas do subsetor dos produtos de padaria e pastelaria, o webinar conta, na qualidade de oradores, com a participação de Joana Faria, da FSC PORTUGAL, de Marcelo Castanheira, Diretor de Marketing da PACK 4 EMBALAGEM, LDA., de Pedro Cartaxo, Diretor Geral da TRIPONTO SERVIÇOS COMERCIAIS, LDA. e de Carolina Pereira, Diretora de Marketing da NOVARROZ – PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. O debate é moderado por Pedro Dinis Gaspar, da Universidade de Aveiro.

A sessão de abertura e de encerramento, bem como a apresentação do projeto S4agro está a cargo de João Gândara, professor da Escola Superior Agrária de Coimbra, que coordena o projeto no IPC.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do link: www.forms.gle/cRh6oiJYonyW74Vy9 .

“Embalagem Primária Sustentável no Subsetor dos Produtos Hortofrutícolas” e “Embalagem Primária Sustentável no Subsetor dos Produtos Lácteos” são os webinars que se seguem-se e ocorrerão nos dias 15 de fevereiro e 22 de fevereiro, respetivamente.

Todas as informações sobre o projeto S4agro em http://s4agro.pt.

Imagem: IPC.

Continuar a ler

Atualidade

Procura por serviços para animais de estimação cresce 41%, mas a oferta é escassa

Mercados dos animais está em crescimento e cuidar de animais pode permitir rendimentos até 1.400€/mês

Publicado

on

A procura por serviços para cães e gatos cresceu 41% em 2022, face ao ano anterior, com os serviços de hotel para animais a perfazerem a maioria dos pedidos (55%), seguidos do treino de cães (26%) e pet sitting/pet walking (12%), revela uma análise da APP de contratação de serviços Fixando.

Apesar da influência da sazonalidade na procura pelos serviços de hotel para animais e pet sitting/pet walking, com os meses de verão a registarem a maior afluência de pedidos para cuidar de animais de estimação, em 2022, também dezembro registou uma grande procura por parte dos donos, com um crescimento na ordem dos 54%, comparativamente a dezembro de 2021.

Apesar do aumento na procura, a oferta disponível não conseguiu acompanhar esta tendência e a maioria dos donos teve dificuldades em encontrar um especialista para cuidar dos seus animais: na Fixando, 82% dos pedidos de serviços para animais ficaram sem resposta.

Esta escassez de oferta nos serviços para animais contribuiu para um aumento do preço médio praticado na área, passando de 16€/hora em 2021, para 18€/hora em 2022. Os serviços de treino para cães sofreram um aumento de 17€/hora para 20€/hora e pet sitting/pet walking de 7€/hora para 9€/hora. Apenas os hotéis e creches para animais mantiveram os mesmos preços, com valores médios de 25€ por dia em hotéis e 15€ por dia em creches.

Segundo a mesma análise, a concentração da procura nos meses de férias, aliada à falta de especialistas para tomar conta dos animais, levou a que mais de 9.000 donos não conseguissem encontrar um local ou alguém com quem deixar o seu animal de estimação no ano passado.

Com a procura por estes serviços a aumentar todos os anos, particularmente nas grandes cidades, a escassez de pet sitters, pet walkers e hotéis para animais é preocupante, principalmente num contexto que, em muitos casos, leva a que os animais sejam abandonados ou entregues em canis.

“O maior risco da falta de oferta deste setor é mesmo o abandono animal. Infelizmente, todo os anos há famílias que abandonam animais de estimação durante o verão”, alerta Alice Nunes, diretora de Novos Negócios da Fixando.

Até ao final deste ano, a Fixando estima que mais 18.000 donos precisem de recorrer a um especialista para cuidar do seu animal durante a sua ausência, dos quais 15.000 terão dificuldades em contratar alguém.

De forma a dar resposta a esta procura urgente por pet sitters e pet walkers, a Fixando quer angariar pelo menos 1.000 cuidadores de animais de estimação em todo o país.

Em agosto do ano passado, a plataforma lançou uma campanha online para colmatar as dificuldades dos donos em encontrar um local para deixar os seus animais de estimação durante o período de férias, com o mesmo objetivo de angariar pessoas disponíveis para prestar serviços na área do pet sitting.

Este fim de semana, entre os dias 27 e 29 de janeiro, a Fixando vai estar presente no Pet Festival, na FIL, em Lisboa, com o intuito de angariar cuidadores de animais e pet sitters.

Quem pode ser pet sitter?

Desde visitas diárias para cuidar dos animais durante uma ausência mais prolongada, a pedidos de donos de cães que passam o dia foram e querem uma ajuda extra para passear o seu animal de estimação, muitos são os pedidos que a Fixando tem recebido para cuidar de animais.

Alice Nunes explica que há, cada vez mais, famílias que preferem deixar os seus animais de estimação com cuidadores particulares, ao invés de hotéis para animais, para que tenham um tratamento mais familiar e personalizado.

Para ser cuidador de animais (pet sitter, pet walker ou hospedar animais) a Fixando avisa que é importante ter sentido de responsabilidade, disponibilidade para se deslocar a casa dos donos ou levar os animais à rua e gosto pelos animais.

Tratando-se, em muitos casos, de serviços que ocupam 1h00-2h00 por dia, é um extra fácil de conciliar com um trabalho a tempo inteiro ou com os estudos.

Fixando estima atingir 2 milhões de euros transacionados

Dependendo do tempo disponível para investir, da sua zona de residência e da época do ano, um cuidador de animais, mesmo com pouca experiência, pode ganhar cerca de 7€/hora a passear animais.

Segundo a análise da Fixando, um pet sitter que cobre 10€/hora e tome conta de 2 animais por semana (2 horas diárias, sem contar com fins de semana), consegue um rendimento extra de 420€/mês. Alguém que se dedique inteiramente a estes serviços, pode atingir os 1400€/mês.

“Para 2023, segundo as nossas previsões e considerando o aumento dos preços praticados nestes serviços, estimamos ultrapassar os 2 milhões de euros transacionados em serviços para animais”, revela Alice Nunes.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas