Connect with us

Atualidade

Barcelos: Presidente da Câmara assina protocolos com os Agrupamentos das Escolas do Concelho

Para “Apoio à Realização de Ações do Plano de Atividades Escolares”

Publicado

on

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Mário Constantino, assinou, ontem, nos Paços do Concelho, um Acordo de Colaboração entre o Município de Barcelos e os Diretores dos Agrupamentos de Escolas e Escola Não Agrupada de rede pública do concelho de Barcelos para “Apoio à Realização de Ações do Plano de Atividades Escolares”. Mário Constantino aproveitou esta ocasião para desejar um bom ano letivo aos diretores dos Agrupamentos de Escola e deu-lhes os parabéns pelos resultados bastante positivos das escolas do concelho, no âmbito do ranking nacional.

Por via dos protocolos assinados, o Município de Barcelos vai comparticipar as despesas inerentes ao desenvolvimento dos Planos de Atividades, comparticipando com envelopes financeiros conforme o número de alunos de cada estabelecimento. Assim, os Agrupamentos com menos de 500 alunos vão receber até 2 mil 500 euros, enquanto os Agrupamentos com número de alunos igual ou superior a 500 e inferior a 1000 receberão até 5 mil euros. Seguindo a mesma lógica de apoios, os Agrupamentos com o número de alunos igual ou superior a 1000 e inferior a 1500 vão beneficiar de verbas até 7 mil e 500 euros e os que têm entre 1500 e 2000 alunos usufruirão de um valor até 10 mil euros. Por seu lado, os Agrupamentos com o número de alunos igual ou superior a 2000 e inferior a 2500 têm direito a uma prestação pecuniária que pode ir até aos 12 mil e 500 euros, enquanto quem tenha número de alunos igual ou superior a 2500 terá direito a uma comparticipação monetária até 15 mil euros.

O apoio financeiro municipal destina-se a atividades previstas nos planos de atividades, tais como: visitas de estudo; despesas de acesso a museus, galerias, teatros e outros; despesas com a edição de brochuras, livros e outras publicações; despesas relacionadas com comemorações escolares, festividades nacionais e dias internacionais; despesas inerentes a projetos educativos da comunidade escolar, aprovados no Conselho Geral, e enquadradas no projeto educativo dos Agrupamentos e das duas Escolas não Agrupadas.

Nova Carta Educativa deve ficar pronta até ao final do mês

Também presente nesta reunião, a Vereadora do pelouro da Educação, Mariana Carvalho, informou os diretores dos Agrupamentos escolares do concelho de que a nova Carta Educativa deve ficar concluída até final do mês de setembro, apelando a que todos pudessem dar contributos para que este “instrumento fundamental para planear o futuro” seja o mais completo possível.

Mariana Carvalho informou, ainda, que está em curso o recrutamento de Assistentes Operacionais para as escolas e que o Município irá fazer o possível para que até ao final do mês de outubro o procedimento esteja concluído.

Mariana Carvalho a explicar as medidas (Foto: CMB)

No decorrer deste encontro foram, também, apresentados alguns programas a ser implementados neste ano letivo nas escolas básicas do concelho. Assim, continuará, no seguimento dos anos anteriores, o Programa Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso do Cávado, e será desenvolvido, pela primeira vez, nas escolas de Barcelos, o RISEe – Rede de Inovação, Sucesso Educativo e Equidade, apresentado pelo professor Miguel Borges, do Ministério da Educação. Trata-se um programa composto por uma equipa de psicólogos e terapeutas da fala que pretende capacitar as escolas através dos docentes, tendo como objetivos promover a literacia emergente, e a leitura e escrita para alunos do 1º ciclo. Este programa estará em ação de setembro a junho de 2023.

Outros dos projetos a implementar é o “Programa Emoções”, apresentado pela Diretora Técnica da Amar 21, Antónia Ruivo. Visa resolver a desregulação emocional/comportamental como base do insucesso escolar. Este projeto é direcionado aos alunos do 3º e 4º anos do Ensino Básico, pretendendo aumentar e potenciar um desenvolvimento emocional ajustado e o mais saudável possível, bem como apoiar e promover o acompanhamento ao nível parental para lidar com os filhos.

Fotos: CMB.

Atualidade

Exposição “Preciso de voar com os pássaros”, de Sérgio d’Azeredo, inaugurada na Biblioteca de Albergaria

Publicado

on

Durante o mês de dezembro, a Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha tem patente a exposição de desenhos “Preciso de voar com os pássaros”, de Sérgio d’Azeredo. A inauguração tem lugar esta quarta-feira, dia 7, às 18h00.

Nesta mostra, o artista natural do Porto pretende “mostrar os momentos de uma busca incessante, guiado por gestos impregnadas de dramatismo, de olhares ansiosos, por vezes calmos, por vezes frenéticos, intuitivos, que vagueiam em suportes diversos, tentando agarrar o ‘feeling’ do momento, transformando-o em imagens gráficas, que traduzam espaços e tempos, realidades alternativas, improváveis, rumo a um realismo fantástico, onírico”.

Sérgio d’Azeredo quer que a consciência coletiva do recetor penetre na mensagem e encontre uma alternativa existencial da realidade, indo para além do óbvio, numa viagem de pensamento livre, sem preconceitos ou estereótipos.

Nascido na freguesia de Cedofeita, no Porto, Sérgio d’Azeredo é licenciado em Arquitetura, pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, e Engenharia, pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto. É Presidente do Grupo Experimental dos Artistas Plásticos de Aveiro – AVEIROARTE. Encontra-se representado em coleções particulares, como a da AMI – Assistência Médica Internacional, Museu das Causas e Santa Casa da Misericórdia de Aveiro, entre outras. Sérgio d´Azeredo já ilustrou diversos livros e é ainda autor de três obras de poesia, sob o pseudónimo de Azeredo Negrão.

A exposição de desenhos “Preciso de voar com os pássaros”, integrada na programação de Natal “Lugar das Cores”, pode ser apreciada até 31 de dezembro, durante o horário normal de funcionamento da Biblioteca Municipal. A entrada é livre.

Imagem: DR.

Continuar a ler

Atualidade

Madeira: Polícia Técnica Forense da PSP obtém melhor resultado nacional

Na vertente de inspeções judiciárias realizadas aos locais de crime de cenário tendo em consideração o número total de indivíduos identificados na sequência dos vestígios recolhidos

Publicado

on

Decorreu, no passado dia 29 de novembro de 2022, o 14º Fórum de Polícia Técnica e Ciência Forense organizado pelo Departamento de Investigação Criminal da Direcção Nacional da Polícia de Segurança Pública, realizado em formato online, com a participação de representantes, peritos e técnicos de Polícia Técnica Forense de todas as 20 Unidades/Secções de Polícia Técnica e Forense da PSP.

O referido fórum, realizado anualmente, está devidamente consolidado e tem como objetivos principais: apresentar e analisar os dados estatísticos do trabalho desenvolvido no ano anterior pelas 20 Unidades/Secções de Polícia Técnica e Forense, bem como promover uma partilha de boas práticas e conhecimentos técnico-científicos entre os especialistas, e ainda apresentar e delinear os objetivos para os anos seguintes.

Os técnicos/peritos das Unidades/Secções de Polícia Técnica e Forense da Polícia de Segurança Pública são Polícias com formação especifica na área da inspeção judiciária nos diversos cenários de crime, bem como na análise / perícia dos diversos vestígios recolhidos e que contribuem para que os autores dos diversos crimes sejam responsabilizados em sede de julgamento pelos atos praticados.

Da análise do trabalho desenvolvido pelos cinco técnicos/peritos lofoscópicos da Secção de Polícia Técnica Forense (S.P.T.F.) do Comando Regional da Madeira da Polícia de Segurança Pública, ao longo do ano 2021, verificou-se que obteve o melhor resultado nacional na vertente inspeções judiciárias realizadas aos locais de crime de cenário tendo em consideração o número total de indivíduos identificados na sequência dos vestígios recolhidos.

Desta forma, este é o 6º ano consecutivo que a SPTF do Comando Regional da Madeira obtém o melhor desempenho nacional, sendo de realçar que nos 14 anos de existência destes fóruns a SPTF do Comando Regional Madeira obteve o melhor desempenho em nove ocasiões.

“O empenho e abnegação demonstrada pelos Polícias da SPTF do Comando Regional da Madeira aquando da realização das respetivas inspeções judiciárias nos cenários de crime na Região Autónoma da Madeira contribuiu, decisivamente, para que em 2021, 109 (cento e nove) suspeitos fossem identificados através dos indícios/vestígios recolhidos nos diversos locais de crime examinados nesta Região”, refere o Comando madeirense.

O trabalho técnico-científico desenvolvido permitiu que, através da prova pericial obtida, as Autoridades Judiciárias pudessem aplicar, ainda na fase de inquérito, inúmeras medidas de coação, algumas das quais privativas da liberdade, e em sede de julgamento permitiu ao julgador alicerçar a sua decisão em prova com um valor probatório superior.

Imagem: PSP. 

Continuar a ler

Atualidade

Funchal: PSP detém dois homens por furto a estabelecimento

Publicado

on

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PSP) da Madeira, na passada sexta-feira, 02 de dezembro, procedeu à detenção de dois cidadãos, do sexo masculino, com as idades de 25 e de 37 anos, naturais e residentes no Funchal, pelo crime de furto a estabelecimento.

A ocorrência teve lugar na cidade do Funchal, num estabelecimento comercial de restauração e bebidas localizado na Rua Alferes Veiga Pestana, após denuncia de um cidadão para as autoridades policiais.

A rápida reação policial logrou identificar e deter os suspeitos acima mencionados, os quais são reincidentes neste tipo de prática, estando um deles referenciado no último mês pela prática de 5 crimes de furto e roubo.

A quantia monetária furtada (cerca de 40 euros) de fundo de caixa, foi apreendida e entregue ao seu legítimo proprietário.        

Os suspeitos foram presentes à autoridade judiciária competente no dia seguinte (sábado) tendo-lhes sido aplicada a medida de termo de identidade e residência.

“O Comando Regional da PSP Madeira aproveita a ocasião para relembrar a importância de dar conhecimento imediato às autoridades policiais sempre que existe notícia de um crime, possibilitando assim o rápido desenvolvimento de diligências que conduzam ao sucesso das investigações, identificação dos seus autores e recuperação do produto furtado”, sublinha.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas