Connect with us

Atualidade

Barcelos: “Created In” – um novo modelo de desenvolvimento

Estratégia para o Desenvolvimento Económico do Concelho

Publicado

on

Barcelos apresentou, anteontem, a marca “Created In” que servirá de âncora da nova Estratégia para o Desenvolvimento Económico do Concelho de Barcelos, que o Município pretende implementar, na próxima década.

A marca foi apresentada no decorrer da primeira conferência, de um ciclo de quatro, nas quais, segundo o presidente da Câmara, Mário Constantino, se “pretende abordar os fatores de competitividade e de desenvolvimento, envolvendo os agentes económicos, sociais e culturais, as instituições de ensino e a população em geral, na discussão dessa estratégia, num modelo que respeite a nossa história e identidade, mas nos projete para patamares superiores de qualidade e progresso”.

Mário Constantino (Foto: CMB)

De resto, essa é a linha base deste ciclo de conferências: que a nova estratégia de desenvolvimento posicione Barcelos “como um território competitivo, promovendo o bem-estar e a coesão da sua população, tornando o concelho numa referência ao nível dos objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas”.

Perante uma plateia que lotou o auditório municipal, Fernando Alexandre, professor de Economia da Universidade do Minho e coordenador do estudo que sustentará a estratégia de desenvolvimento económico, caracterizou a estrutura empresarial barcelense, os seus fatores de competitividade e as condições para o desenvolvimento do modelo Created In no concelho. Aquele especialista assegurou que o novo modelo de desenvolvimento terá de ser “baseado no conhecimento, na inovação e no talento”. Alertando para a necessidade de “acelerar a mudança do paradigma da economia portuguesa”, Fernando Alexandre vincou que, nesse contexto, “Barcelos deve estar na vanguarda dessa mudança”. Por outro lado, salientou a importância da Educação no desenvolvimento económico, sublinhando que nas últimas duas décadas, o concelho deu um salto significativo nesse aspeto, todavia, esse salto só terá reflexos no médio e longo prazo, sendo que, para que tal aconteça, é necessário que o concelho consiga garantir condições de atratividade e de retenção dos recursos humanos que forma.

Conversa/debate apontou pistas e alertou para constrangimentos

Após a apresentação feita por Fernando Alexandre, houve lugar a uma conversa/debate moderada por Carlos Eduardo Reis, deputado na Assembleia da República e vereador na Câmara de Barcelos. Nessa conversa, Maria José Fernandes, presidente do IPCA, sublinhou que o Politécnico de Barcelos, sendo o mais jovem do país e o último a ser criado, “soube ocupar o seu espaço e dar um grande contributo ao concelho, colocando estratégias e capacidades ao serviço da região: empresas, famílias, estudantes, tendo sempre a capacidade de ouvir e de saber mudar”. Apontando a mobilidade como um dos fatores que deve melhorar, a presidente do IPCA disse acreditar que “a nova ciclovia urbana será fundamental” nessa questão, facilitando a “vivência dos jovens na cidade”. Maria José Fernandes anunciou que o Instituto que lidera vai investir, nos próximos dois anos, cerca de 30 milhões de euros em equipamentos, entre os quais os referentes ao projeto “Barcelos CRIC”, que engloba um Auditório com 500 lugares, a Residência Académica, o Espaço Multiusos e os Arranjos Urbanísticos dos Espaços Exteriores Envolventes”.

Por seu lado, a empresária Conceição Dias – presidente do grupo DiasTêxtil – alertou para o facto de o setor enfrentar “escassez de mão de obra qualificada que responda às novas tecnologias que empresas estão a introduzir para inovarem produtos e métodos”. A empresária barcelense apelou à melhoria dos transportes públicos e sublinhou a importância da desburocratização, para que haja mais rapidez nos procedimentos de licenciamento. Deixou, ainda, um repto ao setor da Educação, para que seja criada uma “escola de formação ativa”, com forte componente prática, apelando, ainda, à criação de creches, lacuna limitativa da empregabilidade de muitos pais.

A fechar a tertúlia, Pedro Brás Silva, da Associate Partner Deloitte, também abordou a questão da tecnologia como fator decisivo na competitividade e no desenvolvimento. Como exemplo, referiu que “das cinco maiores empresas mundiais, quatro são tecnológicas, quando há dez anos só havia uma no top 10”. Sendo assim, Pedro Silva acredita que “o futuro tecnológico forçosamente entrará em quase todos os setores de atividade, modificando inevitavelmente o ambiente económico empresarial”.

No encerramento desta primeira conferência relativa ao crescimento, António Cunha, presidente da CCDR-N, contextualizou a posição de Barcelos face às médias nacionais e regionais, realçando que o concelho teve na última década um grande crescimento industrial têxtil. Importa, salientou, que “esse crescimento possa vir a ser sustentado por melhores preços de venda que depois permitam maiores salários capazes de atrair e fixar pessoas no território barcelense”.

O presidente da CCDR-N terminou a sua intervenção, dando os parabéns à Câmara Municipal pela vontade que demonstra em dar um salto qualitativo no modelo de desenvolvimento económico.

Fotos: CMB.

Atualidade

Castro Marim: 9º Concurso “Odeleite, Aldeia Florida”

Publicado

on

Pitoresca e reconhecida pela sua singularidade, no interior do território castromarinense desenha-se a aldeia de Odeleite, considerada uma das aldeias típicas da região e que pretende agora ser também uma das mais floridas! O Concurso “Aldeia Florida” está de volta a Odeleite, nesta que será a sua 9ª edição, uma organização da Junta de Freguesia e da Associação Social da Freguesia de Odeleite.

Ladeada por dois espelhos de água, a Ribeira e a Barragem, com casas brancas e de típicas chaminés algarvias, Odeleite é uma aldeia pautada por detalhes e pormenores, naturais e ou promovidos pelo brio dos seus habitantes, o que a torna aprazível para viver e atrativa à visita. As flores, dispostas nos pátios, nas janelas e nos recantos das casas, já são um uso na aldeia e lança-se agora novo repto e incentivo a quem tiver casa ou estabelecimento na aldeia.

As inscrições decorrem de 1 a 15 de fevereiro, nas instalações da Junta de Freguesia de Odeleite, e serão entregues flores aos participantes, para que possam decorar e dar novas cores aos seus espaços. Os resultados serão conhecidos no dia 1 de maio, nas populares celebrações do Dia do Trabalhador. 

Imagem: CMCM.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Município recebe galardão de Autarquia Familiarmente Responsável

Publicado

on

O Município de Anadia recebeu, esta quinta-feira, 26 de janeiro, a Bandeira Verde do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), que reconhece as diversas políticas sociais e respostas de proximidade que têm vindo a ser implementadas pela Câmara Municipal, no sentido de apoiar e valorizar as famílias. A cerimónia decorreu no Auditório da Fundação FEFAL, em Coimbra, tendo o Município sido representado pela Vereadora com o Pelouro da Ação Social, Jennifer Pereira.

Para Jennifer Pereira, esta distinção “é o reconhecimento do investimento” do Município na implementação de politicas de apoio às famílias, de boas práticas adotadas que promovam e facilitem a vida familiar, através da implementação de programas que assentam no bem-estar das famílias, nos mais diversos eixos de implementação, como educação, ação social, habitação, cultura e lazer.

Recorde-se que o Município de Anadia, ao longo dos últimos anos, tem vindo a implementar um conjunto de diferentes medidas sociais, de onde se destacam o Fundo Social, a Comparticipação de Despesas com Medicamentos, a Melhoria Habitacional, o apoio ao Arrendamento Urbano para Fim Habitacional, a atribuição de bolsas de Estudantes do Ensino Superior, o benefício de apoio à Natalidade e o tarifário familiar para águas e saneamento, entre outros, com o propósito de apoiar as famílias do concelho.

Entretanto, o executivo municipal, na sua última reunião, aprovou a adesão do Município à Rede Europeia de Municípios Amigos das Famílias. Esta integração irá permitir a partilha de boas práticas e de informação com outros municípios, bem como a participação em eventos organizados pela Rede Europeia que poderão traduzir-se numa mais-valia para o concelho, passando, assim, o Município de Anadia a constar da base de dados da Rede Europeia, condição que lhe permite ter acesso a uma base de dados exclusiva de boas práticas em matéria de política de família a nível europeu, publicar informação sobre a autarquia, participar em reuniões, seminários, workshops e convenções europeias, podendo, ainda, aderir ao movimento a favor de uma Europa mais amiga da família.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Troféu Internacional de Pista Sunlive

Publicado

on

O Velódromo Nacional de Anadia, em Sangalhos, recebe, este sábado, dia 28 de janeiro, mais uma grande prova internacional de ciclismo de Pista, o Troféu Internacional Sunlive, com entradas livres.

A competição conta com cerca de 100 atletas inscritos, em representação de 20 países, nomeadamente África do Sul, Alemanha, Argélia, Arménia, Áustria, Egito, Eslováquia, Espanha, França, Grã-Bretanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, México, Portugal, Roménia, Uzbequistão e Venezuela.

A prova disputa-se entre as 9h30 e as 13h30 e entre as 15h00 e as 19h00, nas categorias de juniores e elite, masculinos e femininos, em Velocidade, Keirin, Omnium, Madison, Scratch e Eliminação.

Recorde-se, ainda, que o Município de Anadia vai acolher o Campeonato da Europa de Sub-23 e Sub-19, que decorrerá entre os dias 11 e 16 de julho, no Velódromo Nacional.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Mais lidas