Connect with us

Atualidade

Seminário “O PEPAC e a mulher agricultora e rural”

A 5 de junho, pelas 11 horas, no Anfiteatro Estúdio do CNEMA – Feira Nacional da Agricultura (Santarém)

Publicado

on

A CNA – Confederação Nacional da Agricultura promove o seminário “O PEPAC e a Mulher Agricultora e Rural”, no próximo dia 5 de junho, às 11 horas, no Anfiteatro Estúdio do CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, durante a Feira Nacional de Agricultura de Santarém.

A iniciativa contará com a participação de Laura Tarrafa, presidente da MARP – Associação das Mulheres Agricultoras e Rurais Portuguesas e de Júlia Amorim da Direção Nacional do MDM – Movimento Democrático de Mulheres. A moderação ficará a cargo da CNA.

Somando a importância dada à igualdade de género na construção das novas políticas, e também na Política Agrícola Comum (reconhecida na carta de recomendação da Comissão Europeia a Portugal relativa ao PEPAC – Plano Estratégico da PAC) importa apresentar e debater as propostas necessárias para valorizar o papel das mulheres agricultoras e rurais.

Pese embora as dificuldades à participação plena na agricultura e na vida, o papel das mulheres agricultoras e rurais é estratégico no desenvolvimento da atividade económica e da vitalidade das aldeias e vilas, pela inovação e diversificação, pela manutenção, conservação e desenvolvimento das zonas rurais, pela preservação da tradição e saberes e no contributo para uma alimentação e nutrição saudáveis. É essa importância estratégica que é urgente debater no sentido de construir políticas públicas adequadas.

Esta ação integra um projeto no contexto de uma iniciativa comunitária promovida pelo PDR2020 e cofinanciada pelo FEADER, no âmbito do Portugal 2020.

Imagem: CNA.

Coimbra, 01 de Junho de 2022

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

Tomada de posse dos membros do Conselho Municipal de Juventude de Barcelos

Publicado

on

Realizou-se ontem, ao final da tarde, a tomada de posse dos membros do Conselho Municipal de Juventude de Barcelos. A cerimónia, que decorreu no auditório na Casa da Juventude, além de dar corpo a um imperativo legal, foi também o cumprimento de mais um compromisso eleitoral da maioria que governa o Executivo. Com efeito, esta é a primeira vez, na história da vida democrática da autarquia, que Barcelos tem um Conselho Municipal da Juventude. 

De resto, este facto foi sublinhado pelo presidente da Câmara, Mário Constantino, e pela vereadora da Juventude, Mariana Carvalho. O Presidente desafiou os membros deste Conselho Consultivo a “terem participação ativa e a colocar a sua criatividade e conhecimento em projetos que qualifiquem e promovam o desenvolvimento de Barcelos”.

Por seu lado, a vereadora Mariana Carvalho considerou a criação do Conselho Municipal de Juventude um “momento feliz” e assegurou que o Município, dentro das suas competências, tudo tentará fazer para que os jovens possam ter melhores condições para viver, estudar e trabalhar em Barcelos”. 

Como se pode ler na nota introdutória ao Regulamento deste órgão consultivo, “o Município de Barcelos pretende uma nova abordagem de trabalho e de compromisso com a juventude, fomentando mecanismos de uma democracia participativa e aberta ao diálogo, criando um espaço para ouvir e dar voz aos jovens barcelenses”. Sabendo-se que as políticas locais para a juventude têm um papel importante na promoção, participação e na melhoria da qualidade de vida dos jovens, “o Conselho Municipal da Juventude de Barcelos, ao nível concelhio, corporizará um instrumento de diálogo e debate para que as políticas de juventude sejam discutidas, implementadas e desenvolvidas, capacitando e empoderando os jovens barcelenses, a participarem no desenvolvimento do concelho.”

Composição do CMJ BARCELOS é a seguinte:

O Conselho Municipal de Juventude é presidido pelo presidente da Câmara Municipal de Barcelos, e composto por um membro da Assembleia Municipal de cada partido ou grupo de cidadãos eleitores representados nesta. Dele também fazem parte um representante do Município de Barcelos no Conselho Regional de Juventude; um representante de cada associação juvenil com sede no concelho de Barcelos, inscrita no Registo Nacional de Associações Jovens, um representante de cada associação de estudantes do ensino básico e secundário com sede no concelho de Barcelos; e um representante de cada associação de estudantes do ensino superior com sede no concelho de Barcelos. Além destes, o órgão integra também um representante de cada federação de estudantes inscrita no RNAJ, cujo âmbito geográfico de atuação se circunscreva à área do concelho ou nas quais as associações de estudantes com sede no concelho representem mais de 50% dos associados; um representante de cada organização de juventude partidária com representação nos órgãos do Município de Barcelos ou na Assembleia da República; um representante de cada associação jovem e equiparadas a associações juvenis. Têm ainda representação os partidos ou grupos de cidadãos eleitores representados na Assembleia Municipal de Barcelos, que indicam um eleito com idade inferior a 35 anos.

Foto: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Experiência no Rio Cávado: Barcelos River Sport

Publicado

on

O Município de Barcelos promove, no dia 2 de abril, uma descida do Rio Cávado em Kayaks e Pranchas SUP, entre a praia Fluvial de Manhente e Barcelos.

A iniciativa decorre das 9h00 às 13h00 e tem como principal objetivo a valorização deste curso de água, demonstrando à comunidade formas de “dar vida ao rio”.

O ponto de encontro é nas Piscinas Municipais de Barcelos e todos os participantes têm seguro da responsabilidade do Município e oferta de um pequeno lanche no final.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias através do e-mail desporto@cm-barcelos.pt.

Imagem: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Guimarães: Dois detidos por condução sob o efeito do álcool

Publicado

on

Hoje, na cidade de Guimarães, a PSP deteve dois cidadãos, com 36 e 53 anos de idade, por condução de veículo automóvel com taxa de alcoolemia superior à permitida por lei, tendo os mesmos acusado uma TAS (taxa de álcool no sangue) de1,78 e 1,49 no sangue, respetivamente.

Os detidos foram notificados para comparecerem no Tribunal Judicial de Guimarães.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas