Connect with us

Atualidade

Arranca hoje a quarta Piscine na 42 Porto, a primeira do ano

Publicado

on

São 160 candidatos que começaram hoje, na 42 Porto, um bootcamp de 26 dias intensivos a aprender as bases de programação e a descobrir se a 42 é a escola certa para eles. A Piscine é o segundo passo – depois de superarem os testes online – que os candidatos terão de cumprir para garantirem vaga no segundo curso do Porto, que arranca em abril. De realçar que os candidatos representam 6 nacionalidades e que 25% são do sexo feminino.

A Escola 42 é considerada a melhor escola de Software Development do mundo (com mais de 15 mil alunos em 26 países), oferece um método inovador e gamificado, que promove a aprendizagem sem salas de aula, sem horários e sem professores. Nesta escola aprende-se de forma prática, desenvolvendo projetos entre pares, num modelo que parece um jogo. Assim, para além das competências técnicas, cada aluno desenvolve a capacidade de comunicação, trabalho em equipa e resolução de problemas, bem como a criatividade, autonomia e resiliência.

O programa da 42 é 100% gratuito (as propinas são totalmente pagas por mecenas) e não exige background académico ou experiência em programação. O que se deseja é que os candidatos sejam proativos, curiosos, criativos, dedicados e gostem de trabalhar em equipa. E que tenham pelo menos 18 anos ou o 12º ano concluído. As candidaturas estão abertas 365 dias por ano em Lisboa e no Porto através dos links: www.apply.42lisboa.com e www.apply.42porto.com.

As próximas piscines estão agendadas para 27 de fevereiro, em Lisboa, e para 6 de março, no Porto.

Desde que abriu portas em Portugal, a 42 já soma 5 kick-off, +500 alunos, mais de 36 mil candidatos registados, 10 Piscines em Lisboa e 3 no Porto, onde chegou em junho de 2022.

Para aceder aos cursos da 42 é necessário passar dois testes online e completar um bootcamp de 26 dias intensivos nas instalações da 42, em que os candidatos aprendem as bases de programação e descobrem se esta é a escola ideal para eles.

O curso demora entre 12 e 18 meses a concluir para quem dedica cerca de 40h por semana. Para completar o curso, os alunos terão, ainda, de ter uma experiência profissional na área. Com um conhecimento mais profundo do mercado de trabalho, os alunos poderão, posteriormente, regressar à 42 para complementar o curso com uma especialização à sua escolha, entre cyber security, web development, data analytics, entre muitas outras.

A idade média dos alunos da 42 em Portugal é de 27 anos, com idades compreendidas entre os 17 e os 57. São 25 as nacionalidades dos alunos, tais como os perfis são muito diferentes, mas têm em comum o facto de verem na programação uma oportunidade para as suas carreiras. Jovens que terminaram o ensino secundário, alunos universitários, profissionais das mais variadas áreas: Personal Trainers, Motoristas, Chefs, Canalizadores, Pilotos, Militares, Médicos, Engenheiros, Bartenders, Polícias, Profissionais de Limpeza, Advogados, Músicos, Farmacêuticos, entre muitos outros.

No Porto, a 42 conta como parceiros fundadores com a CRITICAL TECHWORKS e a SALTPAY, e tem ainda o apoio de AMORIM, BA GLASS, ECOSTEEL, SODECIA, SOGRAPE, SONAE, PROZIS, VICAIMA, JOÃO NUNO MACEDO SILVA e Câmara Municipal do Porto.

Em Lisboa, tem o apoio dos parceiros fundadores Fundação Santander Portugal, VANGUARD PROPERTIES, FIDELIDADE e REFORMOSA, bem como da BI4ALL, MERCEDES-BENZ.IO, OBSERVADOR, DST GROUP, BA GLASS, CASA RELVAS, NTTDATA, HUAWEI, KPMG, AXIANS, SALTPAY, SUL ACCOUNT, THE CLAUDE AND SOFIA MARION FOUNDATION, FAMÍLIA ALVES RIBEIRO, RITA E FILIPE BOTTON e Fundação José Neves.

O apoio dos mecenas revela uma aposta de empresas e individuais num modelo de educação mais inclusivo e mais tecnológico.

Como funciona?

O curso da 42 é partilhado nas mais de 40 escolas em todo o mundo. Demora entre 12 e 18 meses a concluir, caso o aluno dedique cerca de 40h semanais ao programa. Depois disso, mergulha na sua primeira experiência profissional.

Posteriormente, os alunos podem começar a sua Especialização, altura em que decidem quais as áreas que mais lhes interessam e que querem explorar. Mais uma vez, e para que depois recebam um certificado de especialização, terão que fazer uma experiência profissional em que coloquem em prática toda a aprendizagem.

A metodologia de aprendizagem assenta numa experiência project-based e peer learning, que é muito enriquecida pela experiência presencial dos alunos no Campus.

Complementado com as experiências profissionais exigidas no final de cada etapa, o curso e especialização da 42 preparam os alunos de uma forma prática, promovendo o desenvolvimento das competências do futuro.

Todos os parceiros da 42 têm acesso a uma plataforma onde podem divulgar ofertas de emprego para os alunos de toda a rede 42, e não apenas para os do Campus da sua cidade/país.

Foto: 42.

Atualidade

Barcelos: Mais de 2 500 alunos fizeram “Brincadeiras sem Tempo” comemorando o Dia Mundial da Criança

“Crianças felizes serão adultos saudáveis”

Publicado

on

Terminaram hoje as comemorações do Dia Mundial da Criança, promovidas pela Câmara Municipal de Barcelos. Ao longo de três dias repletos de grande animação e festa, mais de 2 500 mil crianças do ensino público de Barcelos celebraram o Dia Mundial da Criança, no Centro Hípico Irmão Pedro Coelho, em Areias de Vilar.

No evento, participaram alunos da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico, de escolas que previamente se inscreveram nesta iniciativa. Sob o lema “Brincadeiras Sem Tempo”, todas as jornadas se realizaram em contacto com a Natureza, num vasto programa de animação. Tratou-se, como explica a Vereadora do pelouro da Educação, Mariana Carvalho, de uma “iniciativa muito gratificante que dá consequência a um projeto municipal que temos tentado implementar desde o início do ano letivo, quando oferecemos a todas as turmas da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo uma caixa com jogos tradicionais e livro original editado pelo Município”. O objetivo principal, acrescenta a Vereadora, “é que os meninos possam divertir-se com as caixinhas de jogos, na certeza de que crianças felizes vão ser seguramente adultos muito saudáveis”.

Foto: CMB.

Nos três dias em que decorreu a celebração do Dia Mundial da Crianças, os alunos participaram, de forma lúdica e divertida, nos jogos tradicionais: lencinho, saltar à corda, corrida de sacos, jogo do elástico, jogo do mata, jogo do galo, barra do lenço, entre muitos outros.

Para a concretização do programa de atividades do Dia Mundial da Criança, a Câmara de Barcelos mobilizou equipas compostas por elementos de todos os serviços municipais e assegurou transporte e lanche a todas as crianças. Uma palavra muito especial, também, para os alunos da Escola Secundária de Barcelos que deram apoio logístico neste evento.

Foto: CMB.

Fotos: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Barcelos participa no 1º Encontro Nacional do Programa “Diabetes em Movimento” da DGS – Direção Geral da Saúde

Publicado

on

Barcelos participou no I Encontro Nacional do Programa “Diabetes em Movimento”, que se realizou na cidade da Covilhã, um evento que reuniu 800 participantes de 42 municípios de todo o país. Esta iniciativa teve como principal objetivo sensibilizar para a importância do exercício físico como parte integrante do tratamento da diabetes tipo 2.

O Município de Barcelos, que integra este programa, esteve presente com uma delegação de trinta pessoas, entre utentes, técnicos e enfermeiros que assim tiveram a oportunidade de participar numa série de atividades dedicadas ao exercício físico, e que, ao mesmo tempo, promoveram o convívio e a troca de experiências entre os diversos grupos presentes.

No encontro, esteve presente André Peralta-Santos, Subdiretor-Geral da Saúde, que destacou que esta é uma “iniciativa bandeira da DGS”, exemplo do potencial de articulação entre as Unidades Locais de Saúde (que integram atualmente os hospitais e os centros de saúde), os Municípios, as Instituições do Ensino Superior, e os “Clubes e Associações Desportivas” na resposta a um dos principais desafios de saúde pública da atualidade.

Na época 2023/2024, o Programa Nacional “Diabetes em Movimento” está implementado em 42 municípios: Albufeira, Amarante, Armamar, Arouca, Barcelos, Braga, Castelo de Paiva, Covilhã, Esposende, Faro, Felgueiras, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Gouveia, Horta, Lagos, Lamego, Lousada, Marinha Grande, Mêda, Moimenta da Beira, Odivelas, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Portimão, Rio Maior, Santo Tirso, São João da Pesqueira, Sines, Sintra, Tabuaço, Tarouca, Tavira, Tondela, Trofa, Valpaços, Viana do Castelo, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia, Vila Pouca de Aguiar e Vila Real.

Em 2022, o “Diabetes em Movimento” foi considerado pela Comissão Europeia como a melhor prática europeia de promoção da saúde, prevenção da doença, e controlo das doenças crónicas – o que demonstra a elevadíssima qualidade do trabalho de todos os profissionais que coordenam e implementam este programa.

Diabetes em Movimento em Barcelos

O “Diabetes em Movimento” é um programa comunitário para pessoas com diabetes tipo 2, e está a ser desenvolvido no concelho de Barcelos, através de uma parceria entre a Câmara Municipal, o ACES Cávado III – Barcelos/Esposende e a Administração Regional de Saúde do Norte.

No Pavilhão Municipal de Adães, as sessões de exercício físico decorrem às 2ªs, 4ªs e 6ªs, das 09h00 às 10h30. As atividades são dinamizadas por profissionais licenciados em exercício e educação física e por enfermeiros. A participação é gratuita, mediante referenciação pelos médicos e enfermeiros dos Centros de Saúde de Barcelos e Barcelinhos.

É um programa multi-institucional, multidisciplinar e multicomponente, onde são usadas estratégias de exercício de elevada aplicabilidade, desenvolvidas com recursos materiais mínimos e de baixo custo.

Foto: CMB.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Município avança com requalificação do Centro de Saúde de Sangalhos

Publicado

on

O Município de Anadia deliberou, na sua reunião de executivo, esta terça-feira, 28 de maio, lançar o concurso público para a empreitada de requalificação e ampliação do Centro de Saúde de Sangalhos, com um preço base de 631.741,50€ (acrescido de Iva), com um prazo de execução de oito meses.

A intervenção impõe-se devido ao facto de o equipamento não reunir as condições adequadas que contribuam para alcançar maior eficiência no desempenho dos profissionais daquela entidade, por forma a garantir a melhor prestação do serviço aos cidadãos da freguesia de Sangalhos.

O edifício irá ser alvo de intervenção ao nível da cobertura, caixilharias, eficiência energética, climatização e espaços exteriores, dotando assim as instalações de meios físicos, tecnológicos e humanos satisfatórios, para que se possa proporcionar uma resposta adequada ao desempenho da missão e de qualidade nos cuidados prestados.

No decorrer da empreitada os serviços de saúde irão funcionar, temporariamente, no edifício dos antigos CTT, na Rua do Comércio, que, entretanto, irá sofrer obras de adaptação e melhoramentos.

Foto: CMA.

Continuar a ler

Mais lidas