Connect with us

Atualidade

Setor dos eventos já caiu 38% em dezembro com novas restrições anunciadas pelo Governo

Especialistas já não vão conseguir atingir metas financeiras de 2021

Publicado

on

O setor dos eventos está a ser fortemente afetado pelo aumento de casos COVID-19, bem como pelas novas restrições implementadas para este Natal, o que significa que as festas regressam a casa para evitar a propagação do vírus SARS-CoV-2.

A APP Fixando acaba de anunciar, depois de uma análise ao movimento na plataforma entre 25 de novembro e 8 de dezembro junto de 8.750 especialistas, que a procura dos portugueses pelo setor dos eventos já caiu 38% desde o anúncio das medidas de contenção anulando as hipóteses de retoma económica do setor.

“É alarmante a quebra para todo o setor, pois a reação dos portugueses foi imediata”, sublinha Alice Nunes, diretora de Novos Negócios da Fixando.

A empresa, que liga especialistas a clientes que procuram serviços, ainda não consegue projetar quais serão as quebras exatas no volume estimado de negócios deste setor, contudo, mantendo-se esta quebra até ao final do ano, os especialistas não vão conseguir alcançar as metas financeiras para 2021.

Os serviços mais afetados, adianta a Fixando, foram os serviços de aluguer de equipamento para festas (-71%), catering para festas e eventos (-60%), DJ’s (-52%), insufláveis (-51%) e espaços para eventos (-48%).

“Temos ainda a esperança que, caso as medidas e o número de casos não se agravem nas próximas semanas, o mercado se volte a adaptar e a procura estabilize”, estima a mesma responsável.

A empresa alerta ainda que o agravamento da pandemia afetará, de forma igualmente severa, outros setores do mercado terciário e que é necessário que empresas e especialistas continuem a apostar na digitalização e na adaptação dos seus negócios para uma resposta robusta às flutuações na situação pandémica.

Foto: DR.

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

Marcha-Corrida de Castro Marim com mais de 600 participantes

Publicado

on

Castro Marim recebeu ontem, dia 5 de fevereiro, a marcha-corrida regional, inserida no Circuito de Marchas-Corrida do Algarve e no Programa Nacional de Marcha-Corrida. Com mais de 600 participantes, ano após ano, esta é uma das iniciativas mais participadas do Algarve, tendo como cenário o santuário natural da Reserva do Sapal, um espaço privilegiado, com características únicas para o contacto direto com a fauna e a flora.

O desenvolvimento do exercício físico e de bons hábitos de saúde, além dos laços de amizade e solidariedade que se cimentam, foram os objetivos da iniciativa, que apresentou dois percursos com diferentes graus de dificuldade. O 1º, numa distância de 10 Km, pela Reserva. O 2º, mais curto, com 3,5 Km pela Vista Real, com paisagens sobre Castro Marim, o Sapal e as salinas.

A Marcha Corrida foi organizada pela Câmara Municipal de Castro Marim, Plano Nacional de Marcha Corrida, Instituto Português do Desporto e Juventude, Plano Nacional de Ética no Desporto e do Programa Nacional “Desporto Para Todos” e contou com o apoio da Reserva do Sapal de Castro Marim/VRSA e da GNR. local.

Foto: CMCM.

Continuar a ler

Atualidade

Funchal: Três detidos por tráfico de droga, posse de arma proibida e recetação

Publicado

on

O Comando Regional da PSP Madeira deteve três cidadãos, do sexo masculino, naturais e residentes no Funchal, pelo crime de tráfico de estupefacientes, posse de arma proibida e recetação.

A detenção ocorreu na sequência do cumprimento de 3 mandados de busca domiciliária na freguesia de São Roque, Funchal, tendo sido possível apreender 1 arma de fogo calibre “ponto 25 mm”, várias munições, 1 arma de alarme, 1 objeto sem aplicação definida mas utilizado como arma de agressão, 182 doses individuais de uma substância estupefaciente denominada por “Haxixe”, 25 doses de uma substância estupefaciente denominada por “Heroína”, 1 dose individual de uma substância psicoativa denominado por “Alpha PHP”, cerca de 4400 euros em dinheiro e, ainda, diverso material relacionado com a prática deste tipo de crime.

No decurso desta diligência, foi, ainda, possível sinalizar alguns objetos furtados, nomeadamente, equipamentos eletrónicos e objetos em ouro, evidenciando-se assim uma eventual prática do crime de recetação.

Após contacto com as autoridades judiciárias dois dos cidadãos detidos foram constituídos arguidos, submetidos a Termo de Identidade e Residência, tendo sido determinada a sua restituição à liberdade.

Ao suspeito principal da prática dos factos foi-lhe determinada a medida de coação de prisão preventiva. 

Foto: PSP.

Continuar a ler

Atualidade

Leiria: Buscas e detenções por roubo agravado e tráfico de estupefacientes

Publicado

on

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Esquadra de Investigação Criminal de Leiria, desencadeou, no dia de hoje (06-02-2023), uma operação policial na sequência de uma investigação efetuada a um crime de roubo agravado, que culminou com a efetivação de 4 buscas domiciliárias.

Na sequência desta operação policial, foram detidos 04 homens, com idades compreendidas entre os 23 e 46 anos, sendo 03 detidos em cumprimento de Mandado de Detenção fora de flagrante delito pelo crime investigado e 01 detido por ter sido intercetado em flagrante delito na posse de 72,76gr de Haxixe (equivalentes a 146 doses), bem como, de uma balança de precisão e outros objetos relacionados com o crime de tráfico de droga.

Foi, ainda, apreendido e recuperado diverso material proveniente do roubo agravado e de outros roubos/furtos, designadamente: 1 televisor; 1 computador portátil e outro material informático; ferramentas oficinais diversas; utensílios de emprego específico na construção civil; componentes de mecânica automóvel; e telemóveis.

A Operação Policial envolveu cerca de 40 operacionais das valências de investigação criminal e de intervenção rápida/ordem pública, contando com o reforço do Comando Distrital de Coimbra da PSP.

Os 4 detidos recolheram às salas de detenção desta Polícia, a fim de serem presentes a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, no dia de amanhã, para aplicação de medidas de coação.

“Deste modo, reiteramos que nos manteremos com especial atenção a fenómenos de criminalidade violenta e grave ou organizada que afetem a segurança dos nossos concidadãos, aproveitando, ainda, para apelar a toda a população para a necessidade de comunicação e participação às autoridades de quaisquer atitudes e comportamentos que considerem suspeitos, pois será um forte contributo para o combate ao crime de modo mais eficaz e, assim, incriminar os seus responsáveis”.

Foto: PSP.

Continuar a ler

Mais lidas