Connect with us

Atualidade

Série documental sobre a polémica autoestrada Transamazónica do Brasil debatida em Coimbra

Publicado

on

A série documental “Transamazônica – Uma Estrada para o Passado”, que venceu o prémio de Melhor Série Documental do Grande Prémio do Cinema Brasileiro 2022, vai ser debatida em Coimbra, nos próximos dias 21 e 23 de setembro, com a presença do produtor Nuno Godolphim.

A iniciativa terá lugar no Centro Cultural Penedo da Saudade e é promovida pelo Núcleo de Antropologia Visual (NAV) e pelo Centro de Investigação em Antropologia e Saúde (CIAS), da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), em colaboração com a Sci-Tech Asia–Rede Internacional de Pesquisa.

Com criação, argumento e produção de Nuno Godolphim, e dirigida por Jorge Bodanzky e Fabiano Maciel, a série de seis episódios conta a história da autoestrada BR-230, conhecida como rodovia Transamazónica, e dos seus impactos socioeconómicos, ambientais e políticos.

A construção da Transamazónica foi “uma saga gigantesca, o maior exemplo das obras faraónicas do governo militar brasileiro. Mas a estrada que iria promover a integração nacional ficou mais conhecida por ligar a fome do Nordeste com a miséria da Amazónia e foi abandonada no meio do caminho sem ter sido concluída”, explicam os autores da série, que foi realizada para a HBO, acrescentando que conta a história “quilómetro a quilómetro, encontrando as pessoas que viveram esta experiência e confrontando-as com material de arquivo inusitado”.

Relatada na primeira pessoa pelo cineasta Jorge Bodanzky, a série dá a conhecer diferentes personagens, cidades e situações ao longo da estrada, desde a costa atlântica da Paraíba, onde começa, até à beira do rio Purus, onde acaba. São abordados “os dilemas do passado e do presente, resgatando os dramas de quem acreditou na propaganda dos militares e foi abandonado no meio do caminho, vivendo na prática o que ficou conhecido como ‘Transamargura’, uma mistura de fome, desesperança e injustiça social, somada a um projeto de desenvolvimento pela destruição que deixou marcas nesta região até hoje”.

Nuno Godolphim, produtor, argumentista e documentarista brasileiro bastante premiado, é considerado um dos precursores da moderna Antropologia Visual brasileira e reconhecido por realizar projetos com responsabilidade social e ambiental, conciliando a sua formação em ciências sociais com as narrativas cinematográficas e televisivas, em parceria com a HBO e GLOBO, entre outras.

Nuno Godolphim (Foto: DR)

Nas duas sessões de conversas em Coimbra, entre as 18h00 e as 19h30, vão ser exibidos os episódios 4, no dia 21 de setembro, e 5, no dia 23. O debate após cada exibição é moderado por Gonçalo Santos, professor de Antropologia Social-Cultural na FCTUC; Luís Quintais, antropólogo e poeta; e Raoni Arraes, antropólogo e fotógrafo.

Fotos: DR.

Continuar a ler
Clique para Comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualidade

Força Aérea resgata um casal e um gato ao largo de Porto Santo

Missão realizada em alto mar

Publicado

on

A Força Aérea resgatou, na manhã de 08 de dezembro, duas pessoas e um gato quando se encontravam a bordo de um veleiro a 257 km da ilha do Porto Santo.

O casal navegava em alto mar quando a embarcação ficou sem leme e sem piloto automático. Para a missão foi destacado o helicóptero EH-101 Merlin, da Esquadra 751 – “Pumas”, em alerta permanente naquela ilha do Arquipélago da Madeira.

Com o casal fora da embarcação, também a tripulação de alerta resgatou um gato, o animal de estimação que seguia no veleiro.

Com os três a bordo do helicóptero, o EH-101 Merlin seguiu para Porto Santo, tendo o casal sido encaminhado para a unidade de saúde local.

Foto: Frame do vídeo de resgate.

Continuar a ler

Atualidade

Anadia: Município lança concurso público para construção de 16 habitações em Ancas

Publicado

on

O Município de Anadia aprovou, na sua reunião de executivo, no passado dia 7 de dezembro, a abertura de um concurso público para a construção de 16 fogos, no loteamento da Quinta do Rangel, em Ancas, no âmbito da Estratégia Local de Habitação. A empreitada tem o valor base de 2.189.865,87 euros, acrescido de IVA, com um prazo de execução de 24 meses.

Esta intervenção tem como objetivo a construção de habitações para resolver situações de pessoas e agregados familiares que vivem em condições habitacionais indignas, promovendo, assim, a melhoria da sua qualidade de vida.

Recorde-se que a Estratégia Local de Habitação foi aprovada pela Assembleia Municipal de Anadia, no âmbito da qual se encontram sinalizadas as situações de carência habitacional existentes no seu território e definidas as soluções habitacionais nas quais se devem enquadrar todos os pedidos de apoio ao abrigo do 1º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação que visa apoiar a promoção de soluções habitacionais para pessoas que vivem em condições habitacionais indignas e que não dispõem capacidade financeira para suportar o custo do acesso a uma habitação adequada.

Ainda neste âmbito, foi também assinado um Acordo de Colaboração entre o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana e o Município de Anadia que define as condições de implementação das soluções habitacionais, a partir do qual foi celebrado um Contrato de Comparticipação com o objetivo de conceder um apoio financeiro não reembolsável destinado a financiar a realização do projeto da construção dos 16 fogos no Loteamento da Quinta do Rangel, em Ancas.

Imagem: DR.

Continuar a ler

Atualidade

BYSTEEL fecha contrato de €7.6M para revestir edifício sustentável no centro de Londres

Edifício Worship Square será bandeira verde em construção e operação, com empresa a reforçar crescimento e presença no Reino Unido

Publicado

on

A bysteel fs, empresa do dstgroup, fechou um contrato de €7.6M para revestir o Worship Square, um dos edifícios comerciais de escritórios mais sustentáveis, inteligentes e saudáveis de Londres, num projeto da promotora HB REAVIS e que reforça a aposta da empresa portuguesa no Reino Unido.

Neste empreendimento, a bysteel fs será responsável pelo envelope arquitetónico completo que inclui mais de 5 mil m² de fachadas e todo revestimento do edifício num personalizado ladrilho terracota, assegurando o posicionamento da empresa na liderança em projetos pioneiros e exigentes.

Localizado no coração do movimentado distrito tecnológico de Londres, o Worship Square estabelecerá um novo referencial de sustentabilidade e será NetZeroCarbon durante todo o seu ciclo de vida, em construção e operação.

“No edifício Worship Square estamos a trabalhar na linha da frente da construção sustentável, desafiando os standards e promovendo soluções mais ambientais. Estamos claramente a trabalhar à frente do tempo atual, com uma exigência e rigor que motiva as nossas equipas e reforça o nosso posicionamento de líder no segmento da construção e arquitetura de alto valor”, revela Rodrigo Araújo, administrador da bysteel.

O Worship Square terá nove andares e um espaço de 140 mil metros2 de espaço de escritórios, com capacidade para criar mil espaços de trabalho. Estabelecerá uma nova referência para espaços de trabalho verdadeiramente sustentáveis, promovendo metas ambientais e de bem-estar.

O empreendimento foi concebido para reduzir o carbono incorporado em mais de 50%, em comparação com as referências atuais do setor, e manterá a neutralidade carbónica também em operação. Estará livre de plásticos de uso único, além de ser totalmente elétrico.

Além disso, o elemento natureza estará sempre presente com a integração no edifício de mais de 3.200 plantas de 49 espécies diferentes num design biofílico que criará um “coração verde” desde a sua entrada.

Os trabalhos da bysteel fs no Worship Square deverão estar terminados em outubro de 2023, estando prevista a conclusão do edifício para o início de 2024.

Este projeto confirma a estratégia de expansão em curso no mercado do Reino Unido: “Queremos desenvolver este mercado, muito particular em Londres, um polo de inovação, graças às grandes movimentações económicas e sociais que concentra. Temos outras obras em curso, como a extensão do prestigiado hotel de 5 estrelas Berkeley Hotel e que já está em fase de montagem avançada. Queremos ser a primeira escolha!”, sublinha Rodrigo Araújo.

Foto: DR.

Continuar a ler

Mais lidas